Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

FEITOS & DESFEITAS > MÍDIA NOS EUA

U.S. News World Report deixa de ser semanal

13/06/2008 na edição 489

A U.S. News & World Report vem sendo criticada, há algum tempo, por perder o seu tom de revista semanal de notícias. A publicação resolveu assumir de vez a crítica e anunciou que, a partir de janeiro, irá às bancas apenas duas vezes ao mês. Executivos alegam que as mudanças se devem à adoção de uma ‘nova identidade’. ‘Estamos indo nesta direção há um bom tempo’, diz Brian Kelly, editor-executivo da U.S. News. Ele ressalta, entretanto, que a revista não desistirá das notícias jornalísticas.


O fato reforça a luta das revistas semanais de notícias de encontrarem um novo nicho, diante da instantaneidade da internet e da queda de anunciantes e leitores. A U.S. News espera que anunciantes se sintam atraídos por uma revista bimensal, pois os anúncios ficarão nas bancas por um período maior. ‘A questão é: podemos fazer menos, mas de maneira melhor? Pensamos que uma combinação de análise de notícias e serviços ao consumidor seria o lugar ideal no mercado’, afirma Kelly.


A publicação foi, por muito tempo, identificada por seus rankings anuais de universidades e hospitais, com conselhos aos consumidores. No ano passado, o dono da revista, Mortimer B. Zuckerman, apostou nesta direção, com o lançamento de um sítio de ranking de veículos e críticas automotivas que atraiu grandes anunciantes. ‘Se você quer sobreviver como uma semanal, ou você analisa as notícias como a The Week, ou faz duas reportagens muito boas, com análises e comentários, como a Time e a Economist‘, opina Samir Husni, chefe do departamento de jornalismo da Universidade de Mississippi. Informações de Richard Pérez-Peña [New York Times, 11/6/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem