Terça-feira, 25 de Setembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1005
Menu

GRANDE PEQUENA IMPRENSA > INCLUSÃO DIGITAL

Número de usuários da internet móvel no país sobe 7% em 6 meses

Por Nelson de Sá em 26/05/2015 na edição 852
Reproduzido da Folha de S.Paulo, 23/5/2015

Em seis meses, até março de 2015, o número de usuários brasileiros de internet móvel saltou 7%. O dado é do relatório “O Futuro Digital do Brasil em Foco”, divulgado nesta semana pela empresa de medição e análise de internet comScore.

Segundo Alex Banks, vice-presidente de América Latina, que apresentou o relatório, as principais revelações envolvem aparelhos móveis, sobretudo smartphones, celulares com acesso à internet.

Uma delas é que o Brasil já se aproxima das economias mais desenvolvidas, como Alemanha, na apresentação de uma população on-line de “maioria multiplataforma” –que acessa internet tanto via celular como por desktops, inclusive notebook.

A população digital total no país é de 84 milhões de visitantes únicos, segundo o levantamento, e “mais de 29 milhões acessam o conteúdo digital por meio de mais de uma plataforma mensalmente”. Segundo o relatório de Banks, essa é uma das “tendências que definem 2015”:

“Como os publicitários e editores entendem melhor as forças relativas de cada plataforma e aprendem como aproveitar os canais de modo individual e coletivo, a multiplataforma oferecerá benefícios que vão além da soma de suas partes.”

Para Adalberto Brandão, professor do Insper, as mudanças constatadas pelo relatório mostram que é hora de “as empresas brasileiras se questionarem se estão preparadas para essa nova dinâmica”, de “pensarem quão importantes são agora as suas plataformas ‘mobile'”.

Por exemplo, como “não estão adaptadas a esse novo comportamento, muitos de seus sites apresentam erros, de acesso, de compra, no caso de comércio eletrônico”.

Banks diz que “o desktop não deve ser esquecido”, pois continua com “audiências consistentes em várias categorias”, como o vídeo.

Segundo a comCast, 76% dos brasileiros assistem a vídeos on-line. Em média, passam 11 horas por mês vendo vídeos, três a mais que a média da América Latina.

Redes sociais

O relatório confirma, por outro lado, que as redes sociais “continuam crescendo, com uma audiência altamente engajada no país”.

O brasileiro é líder em tempo gasto nas redes sociais, em cada visita: 21,2 minutos, 60% maior que a média global –dados de março. É seguido de filipinos e tailandeses.

Entre as redes mais acessadas no país, a liderança isolada é do Facebook, com 58,8 milhões de visitantes únicos, seguido por Google+, LinkedIn e Twitter.

***

Nelson de Sá, da Folha de S.Paulo

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem