Sábado, 22 de Setembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1005
Menu

IMPRENSA EM QUESTãO > DEFESA DE ANIMAIS

Anúncio polêmico negado por diário

12/08/2008 na edição 498

O grupo de defesa dos direitos humanos PETA tentou, sem sucesso, publicar um anúncio em um jornal comparando o assassinato de um passageiro em um ônibus no Canadá, há 15 dias, ao tratamento dado pelos animais sacrificados para consumo humano.

O protesto seria publicado no jornal Portage la Prairie Daily Graphic, distribuído na cidade próxima ao local onde o homem foi esfaqueado diversas vezes por um passageiro, depois decaptado e esquartejado. A editora do diário, Tara Seel, alegou que o anúncio era muito forte.

Para Lindsay Rajt, do PETA, o anúncio tinha a intenção de ser chocante e despertar uma reflexão sobre o terror experimentado por animais que são mortos para serem transformados em comida. ‘Como vítimas humanas, os animais experimentam, nos matadouros, o terror quando são mortos. Estamos desafiando a todos que estão horrorizados por este crime para olharem em seus corações e considerarem a violência fora de seus pratos’, pedia a declaração.

Vince Weiguang Li, que imigrou da China para o Canadá em 2004, foi acusado de assassinado de Tim McLean. No ônibus, estavam 37 passageiros que iam de Alberta para Manitoba. Informações de Charmaine Noronha [AP, 7/8/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem