Domingo, 19 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº966

IMPRENSA EM QUESTãO > CRISE? QUE CRISE?

Bloomberg contrata e planeja expansão

05/01/2006 na edição 362

Em tempo de crise na imprensa americana, o Bloomberg News nada contra a corrente. Enquanto outras companhias de mídia enxugam suas redações e cortam custos, o serviço de notícias financeiras contrata e planeja crescer. ‘O Bloomberg News aparece como um ponto claro em uma indústria embaçada por transição, cortes de empregos e incertezas’, afirma Katharine Q. Seelye em artigo no New York Times [2/1/06].


A companhia, conhecida mais por reportagens sobre o mercado financeiro do que sobre política, pretende expandir sua cobertura. Segundo o editor-executivo da Bloomberg em Washington, Al Hunt, a cobertura de notícias financeiras continuará a ser o carro-chefe, mas há planos para aumentar a visibilidade e alcançar um público maior.


Para tanto, o Bloomberg já contratou Roger Simon, colunista político que deixou a U.S. News and World Report em outubro, como seu principal correspondente político. Outras contratações incluem Rich Miller, ex-BusinessWeek, e Kathryn Kross, ex-chefe da sucursal de Washington da CNN e ex-produtora do programa World News Tonight, da rede ABC. Kathryn comandará as operações de rádio e TV da Bloomberg em Washington. Também entraram na companhia Ken Fireman, ex-Newsday, como editor de governo, e Margaret Carlson, ex-Time, como colunista.


‘Nós temos um modelo de negócios muito bom’, diz Hunt sobre a habilidade de contratar enquanto o resto da indústria demite. ‘Temos demanda e recursos, e faremos contratações seletas durante o ano’.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem