Sábado, 23 de Junho de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº992
Menu

IMPRENSA EM QUESTãO > AUSTRÁLIA

Católicos criticam chef desbocado na TV

13/05/2008 na edição 485

A Igreja Católica da Austrália criticou o chef britânico Gordon Ramsay por sua linguagem ofensiva e pediu que seus programas de TV sejam retirados do ar ou trocados de horário, noticia James Grubel [Thomson Reuters, 5/5/08]. Antes da manifestação da igreja, o parlamento australiano já havia aberto uma sindicância sobre xingamentos na TV, motivada por dezenas de reclamações aos programas de Ramsay e ao canal Nine, que os exibe. As redes televisivas australianas seguem um código de conduta relacionado a linguagem ofensiva, violência e nudez, mas o sistema é auto-regulatório e reclamações podem levar meses até serem analisadas pelo órgão que fiscaliza o setor.

O senador Cory Bernardi iniciou a investigação no Senado sobre o uso de linguagem ofensiva na TV depois de receber mais de 50 reclamações sobre os programas do chef, Kitchen Nightmares e Hell´s Kitchen. O britânico foi defendido apenas pelo grupo Conselho Australiano para as Liberdades Civis, que alega que não vê problemas com os reality shows culinários. ‘Esta investigação é mais uma tentativa de restringir a liberdade de expressão dos cidadãos comuns na Austrália. Nem todos são ofendidos por xingamentos’, afirmou o conselho.

Sem travas na língua

Os episódios das séries Kitchen Nightmares e Hell´s Kitchen são exibidos três vezes por semana na Austrália. Em um deles, exibido recentemente, Ramsay – que tem fama de mal humorado – falou um determinado palavrão mais de 80 vezes e chamou um de seus alunos de ‘porco francês’. ‘Não há desculpas para uma atitude como esta. Concluímos que este episódio não deveria nunca ter sido exibido na TV australiana’, afirmou a igreja católica da cidade de Adelaide, em carta enviada à investigação parlamentar.

Os reality shows de Ramsay são extremamente populares na Austrália, com audiência de mais de um milhão de telespectadores; porém, eles vêm recebendo reclamações de escolas e grupos de pais que consideram o horário de exibição inapropriado (às oito e meia e nove e meia da noite). O Hell´s Kitchen é passado em um restaurante com duas equipes que devem preparar os pratos solicitados pelos clientes, supervisionados pelo exigente Ramsay. Já em Kitchen Nightmares, o renomado chef presta consultoria para restaurantes a beira da falência e faz de tudo para recuperá-los.

Vingança

Há um ano, autoridades britânicas proibiram uma campanha publicitária de turismo australiana após classificá-la como ofensiva. As imagens mostravam uma modelo de biquíni perguntando ‘Where the bloody hell are you?’, algo como ‘Onde diabos está você?’. A expressão ‘bloody hell’ é considerada grosseira pelos ingleses.

No Brasil, os programas de Ramsay são exibidos pelo canal pago GNT.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem