Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

IMPRENSA EM QUESTãO > NOTAS DE UM LEITOR

Da série ‘Como se fazem as salsichas’

Por Luiz Weis em 15/03/2005 na edição 320

Na quinta-feira da semana passada, o New York Times deu com exclusividade que, diante da megamanifestação pró-Síria preparada pelo Hezbollah, que levou 500 mil pessoas ao centro de Beirute, os Estados Unidos, na linha da França, estariam propensos a suspender as pressões pelo desarmamento da organização que consideram terrorista (mas a França não).

O recuo tático teria duas intenções: considerando que haverá eleições no Líbano em maio, não dar munição ao Partido de Deus, fazendo aumentar ainda mais as simpatias que desperta na crescente população xiita libanesa; trazer o Hezbollah para um pacto nacional que facilitaria a saída das tropas sírias do país e incentivá-lo a se ‘civilizar’, mais ou menos como o IRA/Sinn Fein na Irlanda do Norte.

Se isso não funcionasse, Washington voltaria a subir o tom de suas exigências pelo desarmamento do Hezbollah, com base numa resolução do Conselho de Segurança da ONU de setembro passado.

Enésima vez

Certa ou errada no mérito, a matéria era clara como água. Mas, no dia seguinte, a imprensa brasileira, citando-a como fonte, deu que os Estados Unidos deixariam de fustigar o Hezbollah ‘se ele se desarmar’. Enganaram-se os jornais por quê?

Porque, em vez de buscar a reportagem do NYT na internet, os redatores brasileiros usaram os despachos das agências noticiosas que a mencionavam – e o repórter ou copy de uma delas pôs de ponta-cabeça o que leu sobre a atitude americana em face do dado crítico da política libanesa: o papel do Hezbollah.

Para o leitor comum brasileiro, tanto faz. Mas fica o registro porque é mais um exemplo de como, parafraseando Bismarck pela enésima vez, são feitas ‘as leis e as salsichas’ nas nossas redações.

[Texto fechado às 15h30 de 13/3/05]

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem