Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1009
Menu

ENTRE ASPAS >

De volta à vida real

Por Luciano Martins Costa em 27/10/2008 na edição 508

A festa acabou, o povo sumiu e, enquanto os opinadores de sempre repetem as adivinhações de todos os dias sobre o futuro do Brasil, a política brasileira volta aos poucos à rotina dos últimos anos: mais escândalos.


Desta vez, é a Folha de S.Paulo (segunda, 27/10) que brinda a ressaca eleitoral dos brasileiros com novas revelações de gravações de conversas feitas pelos investigadores do caso Satiagraha. Segundo o jornal paulista, estão de posse da Polícia Federal as provas de que deputados, senadores e dirigentes de partidos tinham relações muito amistosas com o grupo do notório banqueiro Daniel Dantas.


Por conta de interesses comuns na criação de gado, aparecem nessas conversas gravadas a senadora Kátia Abreu, do Partido Democratas e o ex-governador de São Paulo Orestes Quércia, do PMDB.


O tema da maioria das conversações era um leilão de gado em Uberaba, organizado pelo ex-cunhado de Dantas e seu braço direito, Carlos Rodenburg, para o qual foram convidados todos os parlamentares da chamada bancada ruralista.


Consórcio de cavalheiros


Mas o material em posse da Polícia Federal indica que o executivo do grupo Opportunity tinha outros interesses a tratar com alguns dos convidados, como o senador do Partido Democratas Heráclito Fortes e o ex-presidente do partido, Jorge Bornhausen. Além disso, aparecem nas conversas, entre outros, os ex-deputados do PT Luiz Eduardo Greenhalgh e Sigmaringa Seixas.


A Folha não entra em detalhes, mas Rodenburg representa a extensão do Opportunity na pecuária. O grupo de Daniel Dantas vem investindo em grandes fazendas de criação de gado na Amazônia, comprando terras em regiões próximas a reservas florestais. Recentemente, as pressões da bancada ruralista provocaram o abrandamento das punições aos proprietários que desobedecem a legislação ambiental.


A Folha deu curso ao resultado dos grampos e faz um favor aos leitores ao expor os parlamentares suspeitos de manter relações de negócios com Dantas. Mas podia ter caprichado um pouco mais, para mostrar à sociedade como esse consórcio de cavalheiros pode prejudicar o país.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem