Domingo, 22 de Julho de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº996
Menu

IMPRENSA EM QUESTãO > JORNALISMO EM CRISE

Diários americanos fazem ‘fusão de cargos’

08/07/2008 na edição 493

O Philadelphia Inquirer e o Philadelphia Daily News deverão fundir cargos para cortar gastos. Apesar de competir por notícias no mesmo mercado, os diários têm os mesmos proprietários, gráficas e sítio de internet. Liderando a equipe de fusão está Sandra Long, subchefe de redação do Inquirer. Na semana passada, ela se reuniu com o Newspaper Guild of Greater Philadelphia, sindicato que representa funcionários dos dois jornais, para conversar sobre as mudanças.

Para o presidente do sindicato, Henry Holcomb, é importante que a qualidade e a independência das publicações não sejam prejudicadas. ‘O leitor quer duas vozes editoriais’, afirmou. Os dois diários devem agora compartilhar fotógrafos e revisores. Há, ainda, muito trabalho pela frente, já que eles não compartilham nem mesmo a rede de computadores, ironiza Holcomb.

Reflexo

A proposta de unir funções das duas redações é reflexo da crise na indústria jornalística dos EUA. Outros grupos tomaram a mesma iniciativa. Em março, o MediaNews decidiu integrar as operações de Internet, edição e diagramação do Press-Telegram e do Daily Breeze, na Califórnia. Mark Ficarra, publisher do Breeze em Torrance, foi indicado ao mesmo cargo no Press-Telegram em Long Beach.

Em 2007, os lucros publicitários dos jornais americanos caíram 9,4%, para US$ 42,2 bilhões – a maior queda desde 1950, de acordo com a Associação de Jornais da América. No primeiro trimestre deste ano, o declínio foi de 12,9%.

Segundo o Audit Bureau of Circulations, órgão responsável pela auditoria dos jornais e revistas dos EUA, as edições do Philadelphia Inquirer de segunda a sexta-feira tiveram tiragem média de 334.150 exemplares por dia, de outubro de 2007 a março deste ano – com queda de 5,1%, se comparado ao mesmo período do ano anterior. No Philadelphia Daily News, o declínio foi de 9,7%, para 110.719. Em janeiro do ano passado, os dois jornais demitiram 100 funcionários de cargos editoriais e de marketing. Informações de Deborah Yao [AP, 2/7/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem