Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1050
Menu

IMPRENSA EM QUESTãO >

Por que ‘La Nación’ compartilha documentos com os leitores

Por Jessica Weiss em 05/03/2013 na edição 736

Quando o repórter termina uma matéria, geralmente arruma os documentos de fontes em arquivos ou gavetas do escritório. Mas hoje cada vez mais repórteres e organizações de notícias colocam suas fontes primárias online para envolverem o público com os fatos e dados por trás da notícia. No jornal argentino La Nación, uma equipe de jornalistas de dados está usando a plataforma DocumentCloud, um projeto de código aberto que hospeda milhares de documentos de fonte primária de redações. La Nación já colocou mais de 200 documentos no site.

Na DocumentCloud, jornalistas e outros usuários compartilham, anotam, conectam e organizam documentos, bem como convertem rapidamente documentos PDF em arquivos de texto. A plataforma é pesquisável e fornece informações completas sobre as pessoas, lugares e organizações mencionadas em cada documento.

A IJNet conversou com Sandra Crucianelli, uma repórter investigativa e instrutora de jornalismo que ajudou a criar a equipe de jornalismo de dados no La Nación como parte de sua bolsa do programa Knight International Journalism Fellowship. O compartilhamento de documentos online e uso dessa ferramenta representam uma forte mudança cultural na organização de notícias. E os leitores responderam compartilhando e falando sobre os documentos nas redes sociais.

Crucianelli falou sobre sua experiência utilizando DocumentCloud e por que repórteres e redações devem usar a plataforma.

Como você começou a usar DocumentCloud no La Nación?

Sandra Crucianelli – Tudo começou quando começamos a definir as melhores práticas para o jornalismo de dados. Eu tinha aprendido sobre DocumentCloud durante a minha semana de orientação para minha bolsa em Washington, em março de 2012. Adorei que [DocumentCloud] funciona como uma plataforma para a gestão de documentos, mas também como OCR [reconhecimento óptico de caracteres] para extrair texto. Nós começamos a usá-lo para a documentação de informação jornalística.

Quais são alguns exemplos?

S.C. – Este olhar sobre a evolução dos bens dos funcionários no gabinete do Presidente do país (desde 2003) é apenas um dos muitos exemplos. No final do artigo, o depoimento de cada funcionário está disponível através de um link ao site do DocumentCloud. Isso significa que [o documento] também será usado em artigos relacionados, como documentação de apoio. Também incorporamos DocumentCloud nos primeiros aplicativos de notícias do La Nación que foca na evolução desses bens.

Por que jornalistas devem usar DocumentCloud?

S.C. – Até recentemente, os documentos pesquisados por jornalistas geralmente ficavam em gavetas. Agora, através da partilha de documentos com a audiência, o público pode verificar que notícia se correlaciona com a realidade.

Como os leitores responderam?

S.C. – Nos comentários, quando alguém questiona o texto do artigo, outros leitores indicam que os documentos são claros e que se ele não acredita no que o jornalista diz, pode verificar o documento original.

***

[Jessica Weiss, da IJNet]

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem