Terça-feira, 21 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

IMPRENSA EM QUESTãO > MERCADO LUCRATIVO

Fotos de celebridades valem cada vez mais

24/07/2007 na edição 443

Nos últimos dez anos, os preços das fotos exclusivas de celebridades vêm subindo de maneira exorbitante, noticia Lacey Rose em artigo na Forbes [18/7/07]. Para se ter uma idéia, a revista americana People pagou, em junho do ano passado, US$ 4,1 milhões pela foto dos atores Angelina Jolie e Brad Pitt com Shiloh Nouvel, filha recém-nascida do casal. Em segundo lugar no ranking de fotos mais caras estão os registros do casamento da atriz Demi Moore com o ator Ashton Kutcher, que custaram US$ 3 milhões à revista OK! em outubro de 2005. Em terceiro, estão as fotos do casamento de Eva Longoria, atriz do seriado Desperate Housewives, com o astro da NBA Tony Parker, no começo de julho deste ano. As imagens custaram US$ 2 milhões à OK!.

Mas os campeões de uma lista feita pela Forbes com as 10 fotos de celebridades mais caras dos últimos 10 anos são mesmo os atores Angelina e Pitt: eles ocupam quatro posições. Fotografias de Anna Nicole Smith, viúva do bilionário do petróleo J. Howard Marshall e ex-coelhinha da Playboy que foi encontrada morta em um hotel na Flórida em fevereiro deste ano, foram responsáveis por mais três lugares no ranking. A morte de Anna ocorreu apenas cinco meses após a de seu filho, Daniel, e ao nascimento de sua filha, Dannielynn.

Curiosidade e caridade

O que torna uma foto tão cara? Em primeiro lugar, está o interesse das grandes revistas de celebridades – People, In Touch, US Weekly e OK!. Para estas publicações, vale à pena pagar um preço altíssimo para ter uma imagem no disputado mercado de fofocas. Segundo Dan Wakeford, editor-executivo da In Touch Weekly, é importante ter um elemento de surpresa, novidade e emoção em uma imagem para que seu valor seja elevado. Por isso, uma foto de Anna com seu filho, horas antes da morte dele, custou US$ 400 mil. ‘A morte do filho de Anna foi a história do momento; envolveu toda a nação’, opina Wakeford. Daniel tinha 20 anos e morreu por uma combinação de metadona com antidepressivos.

Para evitar o assédio de paparazzi, celebridades como Gwyneth Paltrow, Julia Roberts e Britney Spears começaram a contratar fotógrafos para grandes eventos, como casamentos e nascimentos. Além de poder controlar sua imagem, isso garante aos famosos a possibilidade de negociar um preço interessante por fotos exclusivas. A quantia é, muitas vezes, doada para instituições de caridade. Angelina e Pitt, por exemplo, doaram os quatro milhões da venda das fotos exclusivas da filha Shiloh para instituições que ajudam crianças africanas.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem