Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

IMPRENSA EM QUESTãO > IRAQUE

Funcionários da CBS desaparecem em Basra

13/02/2008 na edição 472

Um jornalista britânico e um intérprete iraquiano que trabalham para a rede americana CBS desapareceram no domingo (10/2) no Iraque. Policiais e testemunhas afirmam que os dois foram capturados em um hotel na cidade de Basra por oito homens armados. Uma testemunha revelou que os homens foram ao hotel e fizeram perguntas sobre os hóspedes, retornando no mesmo dia em jipes; outra afirmou que os supostos captores estavam com os rostos encobertos.


A CBS divulgou uma declaração, na segunda-feira (11/2), na qual informa que dois homens de sua equipe estão desaparecidos e que esforços estão sendo feitos para localizá-los. Não foi divulgada a identidade dos profissionais. ‘A CBS News está em contato com suas famílias e pede que suas privacidades sejam respeitadas’, dizia a mensagem.


O porta-voz do Ministério do Interior iraquiano, Abdul Karim Kallaf, afirmou que a polícia está à procura dos dois. ‘Assim que soubemos do desaparecimento, o ministro do Interior emitiu uma declaração à polícia iraquiana e ao serviço de inteligência para ficarem alertas’, afirmou. O país tornou-se extremamente perigoso para jornalistas desde o início da invasão americana, em 2003. ‘O Iraque é, atualmente, o país mais perigoso do mundo para jornalistas e o conflito é o mais letal para a imprensa’, declarou o Comitê para Proteção dos Jornalistas, com sede em Nova York. Informações da BBC News [12/2/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem