Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

IMPRENSA EM QUESTãO > IMPRENSA NA JUSTIÇA

Irmãos Barclay perdoam editores do Times

13/02/2007 na edição 420

Os irmãos David e Frederick Barclay retiraram o processo que moviam contra dois editores do britânico Times. O jornal publicou, na sexta-feira (9/2), uma nota sobre o artigo que deu início à briga. Datado de novembro de 2004, o texto em questão afirmava que os Barclay costumavam se aproveitar de proprietários em aperto para conseguir abocanhar bens por preços mais baratos.

Os irmãos, que possuem o grupo Telegraph, entraram com ação por calúnia em um tribunal francês. Frederick e David consideraram ter sido difamados pelo artigo e nomearam o editor do Times, Robert Thomson, e o editor de mídia, Dan Sabbagh, como réus da ação.

Mea culpa

‘Não era nossa intenção sugerir, como algumas pessoas entenderam, que os Barclay freqüentemente exploravam pessoas vulneráveis em dificuldades financeiras de um jeito desonesto por ganho comercial ou para contestar sua ética e integridade empresarial’, afirmou o Times. ‘Nós estamos felizes em deixar nossa posição clara e sentimos por qualquer estresse causado. Estamos contentes em noticiar que os Barclay, por sua vez, concordaram em retirar a ação que abriram contra nós’.

O caso chegou a ter audiências preliminares em Paris e um juiz determinou que os tribunais franceses não tinham jurisdição para lidar com ele. Os advogados dos Barclay alegavam que os irmãos preferiam que o processo fosse conduzido na França porque o sistema legal do país é ‘mais rápido’ e ‘mais eficiente’ que o do Reino Unido. Informações de Chris Tryhorn [The Guardian, 9/2/07].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem