Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº975

IMPRENSA EM QUESTãO > THE WASHINGTON POST

Jornal acusado de inclinação democrata

16/09/2008 na edição 503

Com a campanha presidencial aquecida nos EUA, a cobertura sobre a candidata republicana à vice-presidência foi o tema escolhido pela ombudsman do Washington Post, Deborah Howell, para sua coluna de domingo [14/9/08]. Após voltar de uma viagem, Deborah encontrou sua caixa postal lotada de e-mails de leitores; a maioria deles tratava de Sarah Palin.

Muitos acusavam o Post de ter feito uma cobertura negativa sobre Sarah. Uma charge no sítio do jornal mostrava a candidata falando de maneira incompreensível, ao que Deus dizia a São Pedro que não estava entendendo o que ela falava. ‘Tudo o que eu consigo ouvir é uma política de extrema-direita declamando palavras inarticuladas’. Deborah esclarece que, na versão online do Post, os cartuns políticos não são editados da mesma maneira que no impresso. Para ela, os leitores tinham razão em reclamar.

Outros leitores se queixaram que um artigo de primeira página sobre o candidato democrata Barack Obama, publicado em 29/8, um dia após seu discurso na Convenção Democrata, não era equivalente ao do republicano John McCain, publicado no dia 5/9, dia seguinte ao seu discurso na Convenção Republicana. Ed Thiede, subchefe de redação, explica que isto ocorreu porque ‘no dia 28/8 tinha menos notícias para serem publicadas na capa; o mesmo não ocorreu no dia 4/9’.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem