Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1059
Menu

IMPRENSA EM QUESTãO >

Mais uma ação contra fotógrafa à beira da falência

09/09/2009 na edição 554

A renomada fotógrafa americana Annie Leibovitz sofreu mais um golpe na semana passada. O fotógrafo italiano Paolo Pizzetti abriu processo acusando-a de usar em uma campanha publicitária, sem autorização, imagens tiradas por ele. Pizzetti procurou locações em Roma e Veneza para uma campanha do café LavAzza, e Annie deveria ser a autora das imagens finais. O fotógrafo a acusa de ter usado as suas imagens no trabalho final – as modelos teriam sido inseridas por montagem digital.


O italiano quer que as fotos sejam tiradas da campanha e pede também US$ 150 mil por violação de direitos autorais. O timing é péssimo para Annie, que enfrenta graves problemas financeiros. Ela tinha até terça-feira (8/9) para pagar US$ 24 milhões ao Art Capital Group, agência de empréstimos de Nova York, por quebra de contrato. Se não cumprisse o prazo, poderia perder propriedades e os direitos sobre seus trabalhos. Na semana passada, um juiz de Nova York determinou que a fotógrafa teria mais um mês para responder à ação – embora não tenha ficado claro se isto afetaria o prazo para o pagamento da dívida. Até o fim de terça, nem Annie e nem a agência se manifestaram publicamente.


Caso não chegue a um acordo com a agência de empréstimos, a fotógrafa, que ficou famosa por suas imagens de celebridades, poderá decretar falência. São de Annie as famosas fotos de John Lennon e Yoko Ono na cama – pouco antes da morte do cantor – e da atriz Demi Moore grávida e nua. Informações da AFP [6/9/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem