Domingo, 13 de Outubro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1058
Menu

IMPRENSA EM QUESTãO >

Mara Gama

15/09/2009 na edição 555

‘UOL Esporte substituiu a ferramenta de interação que permitia ao público comentar assuntos esportivos. Foram deixados de lado os Grupos de Discussão, que se estruturam a partir de questões propostas pela Redação abertas a comentários, dispostos em sequência de postagem. Em seu lugar foi adotado um fórum, recurso já usado na área de Jogos do UOL. Segundo a Redação, o fórum UOL Esporte herdou os participantes de dois grupos já ativos do fórum UOL Jogos: F-1 e geral de esportes. Já havia milhares de usuários cadastrados nesses serviços, que foram transpostos para o fórum UOL Esporte.

Os fóruns têm mecânica mais complexa e mais recursos interativos que os Grupos de Discussão, que ainda são usados em outras estações do UOL. Neles, não só a equipe editorial pode propor temas. Cada internauta cadastrado pode fazê-lo. Além de outros recursos.

O link ‘Fórum’ foi colocado na home page de UOL Esporte e temas foram sugeridos pela Redação para o público, com chamadas. Segundo o editor de Esporte, Murilo Garavello, estão sendo destacados dentro das notícias tópicos do fórum criados por usuários.

Na última semana de agosto, a ombudsman – que não tinha conhecimento da mudança – recebeu alguns protestos:

Edson perguntou: ‘Cadê os grupos de discussão? Cheguei a participar de alguns, agora nem sei como achá-los. A F1 está descaracterizada nesse site, uma grande pena. Uma salada que não está dando certo. Vá por mim, dê uma arrumada nessa casa e abra espaço para o leitor comum sem vínculo com o UOL, sem necessidade de senhas etc.’.

‘Nova moderação no novo fórum UOL Esporte desagrada 95% dos usuários. A moderação edita e exclui nossas mensagens sem qualquer explicação e até o presente momento não se mostra prestativa em esclarecer aos usuários os critérios adotados. E mesmo que esclareça, a comunidade discorda de tais atos já praticados.’, escreveu Sérgio.

Questionei a Redação sobre o caso, indicando, em primeiro lugar, a falta de divulgação sobre a mudança. Entendo que a Redação considere a atual ferramenta melhor, mas e o leitor que estava habituado a usar a ferramenta anterior? Além de não ser avisado, como ele pode saber como usar a nova ferramenta e se interessar por ela?

Uma nota foi publicada ontem, dia 9 de setembro, duas semanas após a mudança, dando conta destas explicações. Boa providência.

Mas há outros pontos nas mensagens recebidas pelo público que merecem a análise.

Um deles é a queixa sobre a necessidade de senha. Senha indica que há cadastro. A justificativa da Redação para o cadastro faz sentido: ‘O fato de os usuários serem cadastrados permite que: todos os tópicos de discussão e todas as mensagens do usuário fiquem acessíveis a todos; os usuários possam trocar mensagens entre si; exista um sistema de reputação dos usuários (quanto mais e melhor ele colabora, de acordo com a avaliação do próprio grupo, maior o ‘nível’ dele). O cadastro é gratuito’, informou a Redação.

Uma outra questão é a da moderação. A adoção da ferramenta pela equipe de Esporte deveria vir acompanhada por uma análise da área editorial de como está se desenvolvendo o novo ambiente.

O fórum como sistema está subordinado à equipe de interação. Segundo o gerente de interação, Fabio Pancheri, a moderação é realizada por uma equipe 24 x 7. Os monitores retiram do ar mensagens que não estão de acordo com as regras de uso. Para controle, além das regras dos fóruns, toda mensagem tem um botão denunciar, para casos de pedofilia, racismo, entre outros crimes.

Pancheri informa que os moderadores não estão autorizados a discutir com o usuário diretamente no fórum. O usuário pode questionar motivo de bloqueio e tirar dúvidas sobre mensagens apagadas através do botão ‘Fale Conosco’ na navegação do fórum.

Há ainda outra questão que me parece importante neste período de mudança de modelo de interatividade.

É antiga e recorrente a solicitação de leitores de uma boa forma de comentar as notícias publicadas pelo UOL.

O fórum será usado pela Redação como resposta a este pedido? Ou se destina ao fomento de uma comunidade ampla de leitores que se interessa pelo tema esporte e que debata sobre qualquer assunto, independentemente do que é publicado?

Há diferenças. Pelas mensagens que recebo, vejo que há no público vontade de se comunicar com a Redação e trocar idéias com a equipe, com os jornalistas que escrevem no UOL, sobre os temas que o portal publica.

Muitas queixas sobre blogs são também neste sentido. Os leitores reclamam que os blogueiros não aprovam ou não respondem aos seus comentários.

Para além das circunstâncias específicas de cada queixa de leitor a cada blogueiro, leio estas reclamações também como uma constante demanda por interlocução.

E este tipo de interlocução absorve tempo, requer planejamento e clareza de objetivos editoriais.

Já que está havendo uma mudança, acho que é uma boa hora para analisar as demandas – comunidade ampla e interlocução com a Redação – e refletir sobre que ferramentas e que formas de administração adotar para atender cada uma delas.

***

Correção (9/9/09)

Diferentemente do que foi publicado neste blog no post ‘Um ano’ de 12 de agosto de 2009, o número total de mensagens enviadas à ombudsman referentes à home page foi de 801. O número de mensagens referentes à área de notícias foi de 522 e à área de esportes foi de 504. O post original foi corrigido.’

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem