Terça-feira, 22 de Agosto de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº955

IMPRENSA EM QUESTãO > REINO UNIDO

Namorada de príncipe sofre com assédio da imprensa

10/01/2007 na edição 415

Paparazzi estão enlouquecendo com a fotogênica namorada do príncipe William, segundo na linha de sucessão real britânica. Ou melhor, paparazzi estão enlouquecendo a jovem Kate Middleton, 25 anos recém-completados. Assessores do príncipe afirmaram à imprensa esta semana que, de aniversário, ele deseja que os fotógrafos ensandecidos parem de seguir e fazer tocaia em frente à casa da amada, no luxuoso bairro londrino de Chelsea.


William já namora Kate há tempos, mas o interesse pelo casal cresceu vertiginosamente depois de rumores de que eles anunciariam o noivado em breve. No início da semana, a bela teve de enfrentar um pelotão de mais de 20 fotógrafos e cinco equipes de TV acampados em frente a seu edifício. Apesar da presença de um policial, os paparazzi conseguiram bloquear a saída do carro de Kate. Quando ela finalmente conseguiu se livrar, eles seguiram o carro a pé.


Por enquanto, os advogados dela tentam educadamente convencer os sensacionalistas profissionais a largarem do pé da jovem. Jornais contam que a firma de advocacia Harbottle and Lewis enviou cartas a veículos de mídia alertando que eles podem vir a enfrentar ações legais caso continuem a corroborar a perseguição a Kate. O News International, braço britânico do conglomerado de mídia News Corp., do magnata Rupert Murdoch, proibiu todos os seus jornais de usar fotos da namorada do príncipe tiradas por paparazzi. A medida afeta tablóides sensacionalistas como o Sun e o News of the World e jornais como o Times, o Sunday Times e o gratuito The London Paper.


Lady Di


Porta-voz da Clarence House, residência oficial do príncipe Charles, elogiou a decisão da News International. ‘O que o príncipe William mais quer é que os paparazzi parem de molestá-la’, afirmou. A Press Complaints Commission, órgão que fiscaliza a imprensa no Reino Unido, sinalizou que apoiaria uma reclamação formal dos advogados de Kate.


O aumento do assédio a ela tem levado críticos a compará-la a Diana, mãe de William. A popular princesa de Gales foi atormentada pela imprensa desde antes de seu casamento com o príncipe Charles, em 1981, até sua morte, em 1997, em um acidente de carro em Paris quando fugia de paparazzi. Informações da AFP [9/1/07].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem