Domingo, 16 de Junho de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1041
Menu

IMPRENSA EM QUESTãO >

O jornalismo (ainda) está vivo

Por Gustavo Miller em 23/06/2015 na edição 856

A Reuters divulgou no começo da segunda metade de junho a edição 2015 de seu Digital News Report. O documento é sempre interessante para quem se interessa pelo mercado da comunicação pelo seguinte: traz dados de comportamento dos consumidores de notícia de 12 países, permitindo cruzar essas infos.

O Brasil (identificado por “urban Brazil”, que mais parece um nome de loja hispter) tem alguns destaques de consumo. Vamos a eles:

** a gente é quem mais consome notícias por redes sociais (70%);

** a gente é quem mais compartilha notícias por redes sociais/e-mail (47%);

** a gente é quem mais comenta notícias por redes sociais (44%);

** a gente é quem mais consome notícias online (72%).

Não querendo ser Poliana, mas para quem já estava preparando o defunto no meio de tantos passaralhos (1.084 demitidos entre 2012 e junho de 2015), temos dados importantes aí. Principalmente quando pensamos em estratégias de conteúdo para mídias sociais e mobile, que no recorte macro são apontados como a melhor forma de se entregar conteúdo hoje (OK, nenhuma novidade aí) de acordo com o resumo do Nieman Lab.

>> Clique aqui para ler a reportagem completa.

***

Gustavo Miller é jornalista com especialização em gestão de mídias digitais pela USP. Bate ponto em um grande portal de notícias e também dá aula na pós em jornalismo digital da ESPM

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem