Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

IMPRENSA EM QUESTãO > EUA 2008

Obama lança sítio para rebater boatos

17/06/2008 na edição 490

Barack Obama, candidato democrata à presidência dos EUA, já havia testemunhado o poder da internet para arrecadação de recursos de campanha – nos últimos meses, Obama recolheu US$ 265 milhões, três vezes mais que seu rival republicano John McCain. Agora, o político tenta combater o lado obscuro da rede.

Após uma série de boatos sobre ele e sua esposa, Obama lançou um sítio para rebater as mentiras espalhadas por e-mail e veículos de mídia de extrema direita. ‘Criamos uma ferramenta interativa para permitir que nossos partidários lutem contra estas ofensas pelo mesmo meio onde elas circulam – a internet’, explica Tommy Vietor, porta-voz da campanha democrata. ‘As pessoas podem fazer o upload de sua lista de e-mails para enviar [as versões do sítio sobre os boatos] a amigos e familiares’.

O sítio principal de Obama já possui uma seção para checar a veracidade dos rumores sobre ele, mas o novo espaço vai além e convida os eleitores a ‘disseminarem a verdade’. Tradicionalmente, candidatos evitam fazer comentários em público sobre ataques maliciosos que recebem, por medo de dar a eles maior visibilidade. Obama, entretanto, parece ter cansado da estratégia. No último ano, o senador foi vítima de rumores sobre sua orientação religiosa e, recentemente, espalharam-se relatos de que sua esposa, a advogada Michelle, teria feito comentários inapropriados sobre brancos. Obama é o primeiro candidato negro à presidência dos EUA. Informações de Jitendra Joshi [AFP, 13/6/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem