Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1060
Menu

IMPRENSA EM QUESTãO >

Paz nas folhas

20/10/2009 na edição 560

O Liberal e Diário do Pará entraram num período de trégua? É o que garante uma fonte com acesso aos dois jornais. A fonte diz que o desaparecimento das matérias que trocavam hostilidades entre os dois principais grupos de comunicação do Pará não é casual. Teria havido mesmo um entendimento para cessar as retaliações, ao menos enquanto não se define a composição de forças para a eleição do próximo ano e a posição que cada empresa assumirá. Talvez até do mesmo lado, embora nem sempre na companhia desejada.

Graças a esse cessar-fogo, as duas corporações até têm faturado mais, recebendo publicidade dos principais anunciantes. As capas das edições dominicais do Círio dos dois jornais, ambas em papel especial (rotineiro no jornal dos Maiorana, uma novidade na folha dos Barbalho), tiveram o mesmo patrocinador: a Unimed. A Albrás e a Alunorte, as duas maiores empresas com sede no Pará, decidiram em assembléia geral: seus anúncios serão publicados nos dois jornais, embora a legislação só as obrigue a divulgar seu material legal em um deles. Assim, não criam descontentamentos – e fazem amigos.

Bom para as corporações e os grupos políticos. Bom também para o distinto público?

******

Jornalista, editor do Jornal Pessoal, Belém (PA)

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem