Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1009
Menu

IMPRENSA EM QUESTãO >

Politico.com planeja expansão após eleições

24/09/2008 na edição 504

O sítio Politico, lançado no ano passado, cresceu rapidamente, tornando-se uma das mais populares fontes de notícias sobre política nos EUA. No momento, o sucesso é justificado pela proximidade das eleições presidenciais no país. Depois do pleito, entretanto, a página promete não se intimidar. O Politico anunciou esta semana que pretende ampliar a equipe, com mais repórteres, editores e profissionais de internet, e expandir a circulação de sua edição impressa em Washington. Há algumas semanas, o sítio também deu início a uma experiência de compartilhamento de conteúdo e venda de publicidade com jornais.


‘Eu prevejo uma queda em nossa audiência [depois da eleição]’, diz o editor-executivo e co-fundador Jim VandeHei. ‘Mas para o nosso modelo de negócios, isso realmente não importa muito’, completa. Apesar da boa audiência – o Politico contabiliza mais de três milhões de visitantes únicos mensais –, a receita do sítio depende, em grande parte, de anúncios publicados por grupos que tentam influenciar as políticas de Washington. Estes anúncios diminuem em época de eleições, e retomam a força quando um novo governo e Congresso tomam o poder. Por isso, VandeHei prevê também um ‘bom aumento na receita’. Além disso, o Politico é financiado pela companhia privada Allbritton Communications, que não divulga números, mas afirma que ele deve se tornar lucrativo no próximo ano.


Ampliação


O sítio começou a funcionar há 20 meses, com uma equipe trazida de grandes publicações como o Washington Post, Wall Street Journal, Time e New York Times. O foco da cobertura são as campanhas, o Congresso e o lobby que o cerca. Rapidamente, o Politico tornou-se leitura obrigatória em Washington.


Depois das eleições de novembro, deve ser formado um time dedicado à cobertura da Casa Branca. Os 39 repórteres e editores devem ultrapassar 50, e o número total de funcionários deve ir de 85 para 105. A circulação do Politico impresso, distribuído gratuitamente em escritórios e gabinetes na capital, deve subir de 26 mil cópias para 32 mil. Publicado de terça a quinta-feira, quando há atividade no Congresso, o jornal terá uma nova edição às segundas-feiras. Informações de Richard Pérez-Peña [The New York Times, 22/9/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem