Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1017
Menu

IMPRENSA EM QUESTãO >

Presidente de sindicato sobrevive a atentado

25/09/2008 na edição 504

O presidente do principal sindicato de jornalistas do Iraque sobreviveu a uma tentativa de assassinato este final de semana, quando um carro explodiu do lado de fora de seu escritório em Bagdá, noticia a AFP [20/9/08]. Muayad al-Lami foi levado às pressas para o hospital. ‘Ele estava se despedindo de três convidados quando um artefato explosivo foi detonado em frente ao portão’, contou seu colega Hassan al-Abudi. ‘Ele ficou ferido e foi levado para o hospital, junto com seus convidados, que também sofreram ferimentos’.


O prédio de dois andares ficou danificado com a explosão. Milhares de jornalistas em atuação em todo o território iraquiano são filiados ao sindicato. O antecessor de al-Lami, Shihab al-Timimi, morreu quatro dias após levar um tiro em Bagdá, em fevereiro. Al-Lami foi eleito para o cargo em eleições realizadas em julho.


A explosão no prédio do sindicato ocorreu uma semana depois do assassinato de quatro membros de uma equipe de TV iraquiana na cidade de Mosul. O Iraque é um dos lugares mais perigosos para a prática jornalística. De acordo com a organização iraquiana Iraqi Journalism Freedom Observatory, pelo menos 243 profissionais foram mortos desde a invasão americana, em 2003.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem