Sábado, 20 de Abril de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1033
Menu

IMPRENSA EM QUESTãO >

Rede Globo vs. TV Diário

Por Cristiano Celestino Dourado Borges em 10/03/2009 na edição 528

A história que passo a narrar aconteceu no dia 25 de fevereiro de 2009, ou melhor teve seu desfecho neste dia. Em julho de 1998, foi lançada a TV Diário. De acordo com o site da TV, ela foi idealizada com o intuito de ‘mostrar o Nordeste com uma linguagem coloquial e um pouco distante dos ditames formais e pré-estabelecidas de outras emissoras; uma linguagem inovadora e diferente e que traduzisse a cultura e as necessidades do povo nordestino’, disponível aqui.


De modo surpreendente, a TV Diário obteve grande sucesso em seu intento de fazer uma TV com uma linguagem inovadora e diferente. Apostando na inovação e em formas já conhecidas como os programas de auditório, em produção local e de baixo custo, a TV Diário conquistou grande audiência em todo o Brasil e, sobretudo, no Nordeste. As imagens eram captadas por quem possui antena parabólica.


A TV Diário pertence ao Grupo Edson Queiroz, que também é proprietário da TV Verdes Mares, retransmissora da Rede Globo no estado do Ceará. As informações que existem são ainda poucas e não muito claras – dão conta de que a Rede Globo teria colocado como condição para a renovação do contrato de retransmissão a retirada do sinal da TV Diário, o que aconteceu no último dia 25 de fevereiro.


Dígitos de Ibope


Nos grandes portais de comunicação, não vi uma linha sequer sobre o ocorrido. Neste Observatório vi um pequeno texto. O que acho ainda pouco para a gravidade do acontecido. O que temos são os interesses econômicos sobrepondo-se aos interesses dos telespectadores, a privatização do espectro, que obviamente é público.


A Rede Globo divulgou a nota abaixo, na qual expões os motivos pelos quais a TV Diário teria saído do ar. Percebe-se, claramente, que o motivo é o incômodo provocado pela TV Diário ao disputar audiência. Li o comunicado no site do Azenha.


‘A TV Globo, como cabeça da Rede Globo, formada por 121 emissoras, procura harmonizar os sinais de VHF e UHF de forma que estes fiquem circunscritos a seus territórios de cobertura. Desta forma, em busca de uma harmonia entre todos e pelo respeito recíproco aos interesses, a atuação da TV Diário estará restrita a seu território de cobertura, não sendo mais captada em territórios de outras afiliadas. Seu sinal permanecerá no satélite, cobrindo o estado do Ceará, porém, codificado’ (ver aqui).


No mundo da blogosfera a repercussão tem sido intensa. Mais informações sobre a retirada do sinal da TV Diário podem ser obtidas aqui.


Já existe até comunidade no site de relacionamentos Orkut com mais de 5.800 membros pedindo a volta da TV Diário.


A Rede Globo evidencia mais uma vez que utiliza todas as armas para disputar a audiência, mostrando que não tem nenhum respeito por seus telespectadores tratando-os como aquele personagem, o Homer. Somos todos dígitos de Ibope.

******

Antropólogo, América Dourada, BA

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem