Sexta-feira, 17 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº966

IMPRENSA EM QUESTãO > JORNALISMO-CIDADÃO

Repórteres amadores pedem, e ganham, passagem

19/02/2007 na edição 421

Com cada vez mais celulares equipados com câmeras, internautas em todo o mundo estão sendo requisitados a atuar como ‘jornalistas-cidadãos’, noticia Glenn Chapman [AFP, 11/2/07]. Em dezembro de 2006, o Yahoo! lançou o serviço YouWitnessNews, que divulga conteúdo produzido por internautas após ter passado por um processo de edição. ‘A tecnologia criou a oportunidade do fenômeno do jornalismo-cidadão’, opina Scott Moore, chefe do serviço de notícias e informação do Yahoo!. ‘Você tem milhões de pessoas em todo o mundo munidas de celulares. É como ter um exército de correspondentes’. Editores do Yahoo! News tiveram a idéia de criar o YouWitnessNews (algo como ‘você testemunha a notícia’) quando procuravam por fotos dos atentados ocorridos em julho de 2005 em Londres. Em meia hora, eles tinham encontrado centenas de fotos do local das explosões em sítios de compartilhamento de imagens como o Flickr. Em algumas semanas, estas fotos já eram milhares.

O NowPublic.com segue a mesma linha. Fundado há dois anos, já conta com 60 mil colaboradores em mais de 140 países, que enviam fotos, vídeos e textos. ‘Somos a maior rede de jornalismo participativo do mundo’, afirma Leonard Brody, executivo-chefe do sítio – que dobra de tamanho a cada três meses. Segundo ele, o objetivo não é substituir os repórteres profissionais, mas sim oferecer testemunhos que complementarão o trabalho dos jornalistas. ‘Se uma bomba explodir em Budapeste e você quiser entrar em contato com alguém a 1,6 quilômetros da explosão, nós achamos esta pessoa para você’, promete.

Parcerias

Ambos os sítios firmaram acordos com empresas de mídia tradicionais para fornecer a elas fotos ou outros tipos de conteúdo de alto valor jornalístico. Na semana passada, o NowPublic e a Associated Press acordaram em estabelecer uma parceria para que a agência use fotos, vídeos e notícias dos ‘jornalistas-cidadãos’ do sítio, noticia Jessica Mintz [AP, 9/2/07].

Em uma primeira fase do acordo, a AP informou que seus editores de fotos e notícias da seção nacional em Nova York terão a opção de usar conteúdo selecionado do NowPublic para complementar o trabalho dos jornalistas da agência. Segundo Jim Kennedy, vice-presidente da AP e diretor de planejamento estratégico, a equipe do NowPublic e os editores da agência vão se certificar de que o conteúdo utilizado é verídico. Detalhes da parceria ainda serão combinados, mas já está decidido que os membros do NowPublic serão compensados e, dependendo do caso, ganharão crédito por seu trabalho.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem