Mensagem da UNESCO | Observatório da Imprensa - Você nunca mais vai ler jornal do mesmo jeito
Sábado, 18 de Agosto de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1000
Menu

INTERESSE PúBLICO > DIA MUNDIAL DO RÁDIO

Mensagem da UNESCO

Por Irina Bokova em 18/02/2014 na edição 786

No Dia Mundial do Rádio, celebramos um meio de comunicação que permanece como primeira opção para mulheres e homens em todo o mundo. O rádio dá voz aos que não são ouvidos, ajuda a educar os analfabetos e salva vidas em situações de desastres naturais. Uma força para a liberdade de expressão e o pluralismo, o rádio é essencial para construir sociedades do conhecimento inclusivas e promover respeito e compreensão entre as pessoas.

O rádio é especialmente importante para a promoção da igualdade de gênero e para o empoderamento de mulheres. De executivas pioneiras do início do século XX às repórteres atuando hoje em dia em áreas de conflito, as mulheres têm assumido papel decisivo no crescimento do rádio. Como cidadãs jornalistas, repórteres, produtoras, técnicas e tomadoras de decisão, as mulheres estão trabalhando em cada nível da indústria da radiofusão para garantir a livre troca de opiniões, informações e ideias pelas ondas do rádio.

No entanto, ainda há muito a ser feito. Menos de um quarto das notícias do rádio é sobre mulheres, e mulheres representam menos do que um terço de todos os cargos de nível administrativo e de governança na mídia. Sem as vozes de mais da metade da população do mundo, como podemos entender todos os lados da história?

A UNESCO está comprometida a encontrar esse equilíbrio. Para fortalecer o pluralismo e a liberdade de expressão no rádio, as mulheres devem participar igualmente na difusão de notícias, nas tomadas de decisão e nas estruturas de domínio da mídia.

É por isso que a UNESCO está trabalhando em todo o mundo para desenvolver o rádio como um meio de comunicação independente e plural tanto para mulheres como homens, e para criar um ambiente mais seguro para todos os jornalistas, com reconhecimentoespecial às ameaças sofridas por mulheres jornalistas. Esse trabalho inclui o lançamento pela UNESCO, em 2013, da Aliança Global em Mídia e Gênero.

O rádio pode transmitir qualquer mensagem para qualquer lugar a qualquer tempo – e devemos aproveitar ao máximo esse poder para o benefício geral. Nesse espírito, conclamo todos os radiofusores – de estações locais comunitárias a agências internacionais de mídia – a promover a igualdade de gênero e o empoderamento de mulheres e homens por meio do rádio. Essa é a mensagem da UNESCO no Dia Mundial do Rádio.

>> Sobre o Dia Mundial do Rádio

******

Irina Bokova é diretora-geral da UNESCO

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem