Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº969

ENTRE ASPAS > CONFERÊNCIA NACIONAL DE COMUNICAÇÃO

A programação e os painéis da Confecom

Por Assessoria de Imprensa da Confecom em 11/12/2009 na edição 567

A 1ª Conferência Nacional de Comunicação (1ª Confecom) terá uma programação de painéis que dará subsídios aos debates dos 15 grupos de trabalho que estarão reunidos para discutir a comunicação no Brasil. A conferência está programada para o Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília, entre os dias 14 e 17 de dezembro.


Ao todo, serão quatro painéis no dia 15, terça-feira. Às 9h começa o painel internacional, com a presença do deputado argentino Gustavo Granero, também secretário-geral da Federação Argentina dos Trabalhadores de Imprensa, representando a sociedade civil, e do norte-americano Eli Noam, professor de finanças e economia e diretor do Instituto de Teleinformação da Universidade Columbia, nos EUA, para representar a sociedade civil empresarial. Para Marcelo Bechara, presidente da Comissão Organizadora Nacional (CON), ambos podem contribuir para o debate brasileiro. ‘Convidamos os dois para que eles tragam experiências de outras realidades para o Brasil.’


Às 10h30 se iniciam os três painéis simultâneos de acordo com os eixos que norteiam a 1ª Confecom: Produção de conteúdo; Meios de distribuição; e Cidadania: direitos e deveres. Cada painel terá um representante indicado por cada segmento. ‘São pessoas com profundo conhecimento da comunicação’, elogia Bechara. ‘E o formato com mediação serve para tornar a conversa mais dinâmica e estimular a interlocução entre os painelistas’, destaca. Os painéis contarão com os seguintes participantes.


Eixo 1


** Sociedade civil: Murilo César Ramos, professor da Universidade de Brasília


** Sociedade civil empresarial: Walter Vieira Ceneviva, vice-presidente executivo do Grupo Bandeirantes e jurista


** Poder público: Silvio Da-Rin, Secretário do Audiovisual do Ministério da Cultura e documentarista


Mediadora: Renata Fan, jornalista


Eixo 2


** Sociedade civil: Celso Schröder, secretário-geral da Fenaj


** Sociedade civil empresarial: Frederico Nogueira, vice-presidente do Grupo Bandeirantes


** Poder público: Marcelo Bechara, consultor jurídico do Ministério das Comunicações


Mediador: Samuel Possebom, jornalista


Eixo 3


** Sociedade civil: Luiza Erundina, deputada federal


** Sociedade civil empresarial: César Rômulo Silveira Neto, superintendente-executivo da Telebrasil


** Poder público: José Romão, jurista e pesquisador e ex-diretor do Dejus/Ministério da Justiça


Mediador: Lalo Leal, professor da USP


***


A programação completa da 1ª Confecom



Dia 14 de dezembro de 2009


9h – Abertura do credenciamento


17h – Plenária de votação do regimento interno da etapa nacional


19h – Abertura solene e homenagem a Daniel Herz


Dia 15 de dezembro de 2009


9h às 11h – Credenciamento de suplentes


9h – Painel internacional


10h30 – Painéis simultâneos por Eixo-Temático


12h – Intervalo para almoço


14h – Grupos de Trabalho (turno I)


19h – Jantar


Dia 16 de dezembro de 2009


9h – Grupos de Trabalho (turno II)


12h – Intervalo para almoço


14h30 – Plenária final (turno I)


19h – Jantar


Dia 17 de dezembro de 2009


9h – Plenária final (turno II)


12h – Intervalo para almoço


13h30 – Plenária final (turno III)


16h – Encerramento


***


Abertura com Presidente Lula terá credenciamento de imprensa pelo Palácio do Planalto


O credenciamento para a Cerimônia de Abertura da 1ª Conferência Nacional de Comunicação (1ª Confecom), com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, será feito exclusivamente pelo Palácio do Planalto. A 1ª Confecom será aberta na próxima segunda-feira, dia 14, às 19h, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães – a Conferência segue até o dia 17, quinta-feira.


Os interessados devem se informar dos requisitos para se credenciar no site do Palácio do Planalto, para onde também devem ser enviadas as solicitações. O prazo para envio dos pedidos expira nesta sexta-feira, dia 11, às 16h.


Os profissionais já credenciados para a cobertura regular do Palácio do Planalto não precisarão submeter-se a esse credenciamento

Todos os comentários

  1. Comentou em 14/12/2009 Rosildo Brito

    A expectativa em torno deste que já é considerado um dos acontecimentos mais marcantes do Governo de Lula realmente se faz grande. Esperamos que a decepção em torno dos resultados obtidos pós discussões levantadas, sobretudo,, no que diz respeito à implantação de políticas de comunicação verdadeiramente democráticas, também não tenham a mesma dimensão.

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem