Quinta-feira, 23 de Maio de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1038
Menu

INTERESSE PúBLICO >

Apresentadora condenada por matar peixes na TV

20/05/2009 na edição 538

A jornalista dinamarquesa Lisbeth Koelster foi condenada, na semana passada, por ter matado 12 peixes de um aquário com xampu, em 2004. Em uma das edições do programa que apresentava na emissora pública DR1, Lisbeth mostrou o nível de toxicidade dos ingredientes químicos de alguns produtos para cabelos. Para tanto, jogou cerca de 10 mililitros de uma substância anticaspa em um aquário com 13 peixinhos. Três dias depois, 12 deles morreram.


Um veterinário avisou à polícia sobre o incidente dois dias depois da exibição do programa, mas, aparentemente, o caso não ganhou muita atenção e foi ao tribunal apenas na semana passada. Na terça-feira (19/5), Lisbeth foi condenada por ‘crueldade com animais’, já que, como o experimento era baseado em um teste de laboratório similar, sabia que os peixes no aquário morreriam. Ela recebeu apenas uma advertência, entretanto, e não foi multada porque o tribunal entendeu que seu direito a um julgamento rápido foi violado.


O advogado da jornalista, Tyge Trier, defendeu-a dizendo que ‘peixes morrem sufocados em pescarias e as pessoas jogam lagostas vivas em água fervente, e não processamos nem pescadores, nem donos de restaurantes’. Informações da AP [19/5/09] e da BBC News [20/5/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem