Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

INTERESSE PúBLICO > VIOLÊNCIA DEMAIS

Jornal do Vaticano critica escolhas do Oscar

27/02/2008 na edição 474

O L´Osservatore Romano, jornal do Vaticano, criticou Hollywood por homenagear filmes violentos e ‘sem esperança’ na cerimônia da 80ª premiação do Oscar, no domingo (24/2). Entre os candidatos a melhor filme, estavam os longas Sangue Negro e Onde os Fracos não têm Vez, ambos com temática violenta. ‘Este ano, Hollywood se guiou por filmes obscuros, cheios de violência e, acima de tudo, sem esperança’, afirmou o jornal na segunda-feira (25/2).


‘Seria um sinal dos tempos? Provavelmente’, escreveu o jornalista Gaetano Vallini, analisando a escolha dos concorrentes. Já o longa Juno, que também concorreu ao Oscar de melhor filme, foi elogiado pelo jornal do Vaticano por contar a história de ‘uma adolescente que decide seguir adiante com uma gravidez indesejada’. O grande vencedor da noite foi Onde os Fracos não têm Vez, dos irmãos Joel e Ethan Coen, que levou as estatuetas de melhor filme, diretor, ator coadjuvante para o espanhol Javier Bardem e roteiro adaptado. Informações da AFP [25/2/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem