Terça-feira, 17 de Julho de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº995
Menu

INTERESSE PúBLICO > SUDÃO

Polícia confisca material da al-Jazira

31/07/2008 na edição 496


A polícia sudanesa confiscou um vídeo da rede de TV árabe al-Jazira após o confronto que resultou em mortes entre a polícia e civis no dia 28/7. Al-Musalami al-Kabashi, da al-Jazira, afirmou que ‘quando o grupo (da al-Jazira) terminou a cobertura e começou a voltar para Cartum, um guarda da segurança nacional tomou a fita e avisou que ninguém da mídia podia cobrir o evento’. Após entregar o vídeo, a equipe pôde continuar a viagem.


Segundo reportagem da AFP [28/7/08], a polícia afirmou que dois civis foram mortos e nove pessoas, sete delas policiais, foram feridas após o ataque de civis a policiais. O incidente ocorreu em Alaqa, sul de Cartum. Testemunhas disseram que civis, furiosos por não serem compensados pela construção de uma usina de açúcar em suas propriedades, atacaram os operários da usina e os policiais que tentavam abrir a estrada, fechada por manifestantes.


O Sudão sustenta uma constituição que defende a liberdade de expressão, mas a censura é prática diária. O poderoso aparato de segurança inspeciona as edições dos jornais todas as noites, e editores que se recusarem a retirar artigos considerados ofensivos correm o risco de terem suas publicações fechadas.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem