Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

INTERESSE PúBLICO > CNN

Produtor diz que foi demitido por manter blog

15/02/2008 na edição 472

O produtor Chez Pazienza acusou a CNN de demiti-lo por ‘violar os padrões jornalísticos’ da rede americana em seu blog pessoal. Pazienza, que trabalhava para a CNN desde 2004, anunciou a demissão na quarta-feira (13/2) através do blog. ‘Qual foi a razão para minha saída abrupta e prematura? Você está lendo ela’, escreveu.


Em entrevista ao blog City Room, no sítio do New York Times, o produtor contou que sempre recebeu avaliações positivas de seu trabalho na rede, onde atuou em Atlanta e Nova York e há três anos cuidava do programa matutino American Morning. Pazienza começou a escrever o blog em maio de 2006 – como um meio de manter sua mente ocupada enquanto se recuperava de uma cirurgia para remover um câncer no cérebro. ‘Aos poucos, as pessoas começaram a me ler, e isso era bom’, diz. ‘Eu continuava com alcance pequeno, mas, para um blog pessoal, estava indo bem, com alguns milhares de hits por dia’.


Diário pessoal


Há alguns meses, ele foi convidado a escrever também no Huffington Post, grupo de blogs fundado pela popular blogueira de esquerda Arianna Huffington. Pazienza classifica seu blog Deus Ex Malcontent como um diário pessoal, onde ele aborda desde sua recuperação da cirurgia e relacionamentos até opiniões sobre cultura, mídia e política. ‘[O blog] é basicamente eu’, resume, ressaltando que nunca se identificou como produtor da CNN ou falou como representante da rede, além de nunca comentar o que ocorre em sua rotina de trabalho. ‘Eu escrevo sobre mídia em geral e, muito de vez em quando, sobre TV. Acho que tenho este direito’, conclui.


Quando foi demitido na terça-feira (12/2), Pazienza diz que apenas seu blog – e não seu trabalho para o Huffington Post – foi mencionado. Segundo o produtor, seus chefes disseram não saber de nenhum outro funcionário da CNN que atue também como blogueiro. Casado e esperando um filho para agosto, ele diz que não irá lutar para ter o emprego de volta, mas questionado se iria contratar um advogado, afirmou que ainda não tomou nenhuma decisão.


Permissão


Pazienza admite que nunca pediu permissão à CNN para que pudesse ter um blog. Ele diz que a rede não tem uma política clara sobre o assunto, e considera que esta falta de clareza é ‘proposital para que eles possam ser subjetivos’ em situações como esta. ‘Isso significa que eu não posso postar algo na [rede social] My Space para ser lido pelos meus amigos? Significa que eu não posso escrever algo online para minha esposa?’, questiona, ressaltando acreditar ter sido demitido por expressar seus pontos de vista na internet.


Barbara Levin, porta-voz da CNN, afirmou que não poderia entrar em detalhes sobre a demissão de Pazienza porque a rede não comenta questões de funcionários. Ela declarou, no entanto, que a ‘CNN tem uma política que diz que funcionários devem pedir permissão para escrever em veículos fora da companhia’. Informações de Sewell Chan [NYTimes.com, 14/2/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem