Domingo, 25 de Fevereiro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº975

INTERESSE PúBLICO > CONCENTRAÇÃO & DEMOCRACIA

Quem são os donos de rádios e TVs no Brasil

03/08/2004 na edição 288

A relação completa dos sócios das emissoras de rádio e TV do Brasil foi divulgada na internet pela primeira vez em novembro de 2003, durante a gestão do então ministro Miro Teixeira na pasta das Comunicações.

O documento de 354 páginas, ainda disponível na web, permitiu, por exemplo, que a imprensa identificasse o atual titular do ministério, Eunício Oliveira, como proprietário de três emissoras de rádio no Ceará e em Goiás. Os dados da lista serviram também para subsidiar o Ministério Público Federal nas investigações sobre eventuais irregularidades na declaração de bens do senador Marcelo Crivella (PL-RJ), candidato à Prefeitura do Rio de Janeiro. Neste caso, a investigação do MP foi possível após a constatação de que Crivella e sua mulher apareciam como sócios de emissoras da Rede Record.

A leitura do documento revela ainda que pelo menos 30% dos senadores brasileiros têm ligação direta ou indireta com emissoras de rádio e TV em seus estados de origem.

Clique aqui para baixar a relação dos sócios das emissoras de rádio e TV do país, em documento PDF (1.193 KB). É necessário ter o programa Adobe Acrobat instalado em sua máquina.

***

O diretor do Departamento de Justiça, Classificação, Títulos e Qualificação do Ministério da Justiça, José Eduardo Elias Romão, encaminhou ao Conselho de Comunicação Social – reunido na segunda-feira (2/8), em Brasília – ofício solicitando parecer do CCS sobre os programas de TV ditos jornalísticos, cuja pauta é centrada em assuntos policiais e cuja proposta editorial não raro descamba para a incitação da violência.

Órgão auxiliar do Congresso Nacional, o CCS acolheu a consulta e resolveu colocar esse assunto como tema permanente de suas reuniões. A acolhida foi justificada tendo em vista uma das razões da existência do CCS, qual seja pronunciar-se sobre a qualidade da programação das emissoras de rádio e TV, que são concessões públicas.

***

Está disponível no sítio do Conselho de Comunicação Social a versão digital do livro Concentração da Mídia – Debates no Conselho de Comunicação Social, lançado no início de junho.

Com 229 páginas, a obra é fruto de uma série de audiências públicas realizadas pela Comissão de Concentração na Mídia, criada pelo CCS em 7/4/2003, e traz contribuições dos conselheiros Carlos Chagas, Fernando Bittencourt e Alberto Dines, além dos convidados Guilherme Canela de Godoi, Venício Artur de Lima, Ana Luíza Fleck Saibro, César Bolaño e Denis Rosenfield.

Clique aqui para baixar a íntegra do texto. É necessário ter o programa Adobe Acrobat instalado em sua máquina.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem