Domingo, 16 de Dezembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1017
Menu

INTERESSE PúBLICO >

Sítios e noticiários russos bloqueados no país

22/08/2008 na edição 499

Autoridades da Geórgia bloquearam o acesso a grande parte dos noticiários e sítios russos, desde o início do conflito com Moscou, no começo do mês, com a ocupação georgiana da Ossétia do Sul, noticia Niko Mchedlishvili [Reuters, 19/8/08]. O ministério do Interior da Geórgia alegou que a ação não foi anti-democrática, mas apenas uma medida para evitar que as transmissões russas assustem à população.


Mamia Sanadiradze, fundador e CEO do Caucasus Online, maior provedor de internet da Geórgia, revelou que agentes de segurança solicitaram a ele que os sítios russos fossem bloqueados: ‘Havia ameaças de vírus e enfrentávamos desinformação. Espero que quando a guerra acabe, possamos desbloquear estes sítios’.


A mídia georgiana, tanto a privada quanto a estatal, está em geral sob o controle do presidente Mikheil Saakashvili, que promove, no entanto, que o país é administrado no estilo democrático. Em novembro, a principal emissora de TV da oposição foi fechada pelo ministério do Interior. Já a mídia russa é fortemente controlada pelo Kremlin. A cobertura da guerra está fortemente baseada em declarações oficiais.


Sítios em russo estão disponíveis em provedores menores e canais russos ainda podem ser vistos por transmissão via satélite. A maior parte da população da Geórgia fala russo.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem