Domingo, 22 de Julho de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº996
Menu

INTERESSE PúBLICO > OSAMA BIN LADEN

Terrorista quis “se apresentar” aos EUA

31/07/2008 na edição 496


Osama bin Laden quis ‘se apresentar’ aos EUA em uma entrevista à ABC meses antes de a al-Qaeda bombardear duas embaixadas americanas na África, afirmou John Miller. Ex-correspondente da ABC, Miller afirmou em testemunho no primeiro julgamento de guerra em Guantánamo que também lembra ter comparado bin Laden com o presidente americano Theodore Roosevelt enquanto conversavam durante uma entrevista nas montanhas do Afeganistão em 1998.


Miller, que hoje é porta-voz do FBI, exibiu passagens de sua entrevista no julgamento de Salim Hamdan, motorista de bin Laden e supostamente também seu guarda-costas. Ele é acusado de conspiração e de apoio ao terrorismo, segundo Randall Mikkelsen [Reuters, 30/7/08].


A importância do testemunho de Miller permanece obscura – ele não reconheceu Hadam. A afirmação de que bin Laden é uma espécie de Roosevelt do Oriente Médio, segundo Miller, era para testar a consciência histórica do terrorista e manter a conversa fluente.


Bin Laden não mordeu a isca, mas Miller conseguiu atingir seu objetivo: a entrevista. O jornalista afirmou que Ayman al-Zawahri, segundo no comando de bin Laden, lhe disse que veria nas próximas semanas o resultado dos feitos religiosos de bin Laden e que o dever dos muçulmanos é matar americanos e seus aliados, civis e militares. Duas semanas depois, as embaixadas americanas da África foram bombardeadas.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem