Terça-feira, 11 de Dezembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1016
Menu

INTERESSE PúBLICO >

Veterano Ed Bradley morre de leucemia

14/11/2006 na edição 407

Morreu nos EUA, na quinta-feira (9/11), o premiado jornalista Ed Bradley. Negro, Bradley quebrou barreiras raciais no jornalismo televisivo americano e trabalhou por 26 anos como repórter do programa 60 Minutes, da CBS. O jornalista morreu de leucemia, aos 65 anos. ‘Ele era considerado inteligente, calmo, um excelente repórter, amado e respeitado por todos os seus colegas aqui na CBS News’, afirmou a âncora Katie Couric. A competência de Bradley também foi reconhecida por diversos prêmios, entre eles 19 Emmys. ‘Ele era um ótimo jornalista que fazia os trabalhos mais sérios sem nunca se levar tão a sério’, disse a veterana Barbara Walters em declaração. Informações da AP [9/11/06].



Pesquisa traça mapa da internet na Europa

Mais da metade das casas na Europa têm acesso à internet, segundo relatório da agência Eurostat, da União Européia. No primeiro trimestre deste ano, 52% das residências européias tinham acesso à rede, contra 48% do mesmo período de 2005. Cerca de 32% possuem conexão banda larga, que permite acesso rápido, comparado a apenas 23% no ano passado. Na comparação de país a país, os números variam bastante: enquanto na Holanda o acesso à internet chega a 80% das casas, na Grécia este índice é de 23%. A pesquisa da Eurostat constatou também que 37% dos europeus usam a rede pelo menos uma vez por semana, que os jovens são os que mais acessam (73% entre 16 e 24 anos) e homens (51%) usam mais que mulheres (43%). Informações da AFP [10/11/06].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem