Segunda-feira, 17 de Dezembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1017
Menu

JORNAL DE DEBATES >

A cereja do bolo – ou escancarou geral

Por Jorge L. M. Lima em 19/09/2006 na edição 399

A mídia não é golpista? Contem outra! A história do dossiê contra os tucanos escancarou de vez a safadeza da imprensa brasileira. Mas, como diria o comercial das Organizações Tabajara, “não é somente isso”. A 15 dias das eleições assistimos ao esforço concentrado de todos os órgãos de comunicação, representantes da grande mídia, para desmoralizar e achincalhar o PT e o governo Lula. E é a mesma mídia que fez ouvidos moucos a todas as sujeiras cometidas durante o reinado de Dom Fernando II, o Invejoso.

Vamos a uma pequena lista das medidas desenvolvidas durante este esforço final: 1) a RBS entrevista Fábio Konder Comparato, que afirma que o povo brasileiro é estúpido e ignorante, por isso reelegerá Lula; 2) a Rede Vida (leia-se Opus Dei), entrevista Carlos Alberto Di Franco, que afirma que Lula é o maior corrupto da “história deste país”; 3) o jornal O Globo publica coluna de Elio Gaspari em que consta notinha afirmando que Lula ameaça fechar o Congresso.

Mas a “cereja do bolo”, a “última bolachinha recheada do pacote”, o “gás da coca-cola”, merece um parágrafo especial: o dossiê contra os tucanos. Este sim, é o crème de la crème. Acabo de assistir ao vídeo. É um festerê tucano no galpão da Planam, onde se comemora a iniciativa da bancada do PSDB de Mato Grosso que destinou R$ 6.000.000,00 (assim em números, com todos os zeros, para que qualquer um entenda) em emendas parlamentares para a compra de ambulâncias superfaturadas.

Meros divulgadores

E o que estamos vendo na mídia? “Petista preso com dinheiro para compra de fita”; “Preso diz que PT deu dinheiro para comprar dossiê”. E sobre o desvio de dinheiro patrocinado por parlamentares desse partido que promete restaurar a ética na política do país? Os malfeitos do PT não foram expostos à exaustão, sem provas, sem contraditório? Contra o PT vale qualquer acusação, de qualquer um, até de bandidos presos, mas contra o tucanato não?!

E a mídia não é golpista e engajada? Claro que é. Ou alguém acredita que o dinheiro das maracutaias tucano-pefelistas não pingou generosamente nas redações durante os anos de Dom Fernando II, o Falastrão? Mas a fonte está seca já faz quase quatro anos. Além disso, a Polícia Federal está aí, solta da coleira, estragando montes de negócios que vinham funcionando tão bem, há tantos anos, que os aproveitadores julgavam ter direito adquirido. Felizmente o povo já não é enganado tão facilmente. A gente, aqui embaixo, aprendeu a desconfiar dessa indignação tardia, desse denuncismo dirigido, dessa cruzada ética de mão única.

Está mais do que na hora de vocês, que se julgam formadores de opinião, que acreditam poder dirigir a vontade alheia a partir de falácias redigidas com um vocabulário sofrível, recolherem-se à insignificância do que realmente são: meros divulgadores de notícias. Se conseguirem cumprir essa tarefa com alguma competência já estarão justificando o salário que recebem.

******

Policial civil, São Pedro do Sul, RS

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem