Domingo, 13 de Outubro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1058
Menu

JORNAL DE DEBATES >

Blogueiros detidos e espancados em Cuba

22/09/2009 na edição 556

Dois blogueiros cubanos foram detidos e espancados pela polícia da cidade de Holguín, em 10/9, e tiveram seus computadores confiscados. Luis Felipe González Rojas foi libertado quatro horas depois, mas Yosvany Anzardo Hernández continua preso, denuncia a organização Repórteres Sem Fronteiras [18/9/09]. Rojas, que possui um blog chamado Animal de Ancatarilla, concedeu recentemente uma entrevista para a Rádio Marti, com sede em Miami. Acredita-se que tenha sido esta a razão para sua prisão. Já Hernández é editor do jornal online Candonga, atualmente fora do ar, e há mais de três anos participa do site Payo Libre, de Miami. O editor do site, Pablo Rodriguez Carvajal, diz que o blogueiro não pôde se comunicar com sua família desde a detenção. ‘As autoridades fazem de tudo para reprimir qualquer expressão online na sociedade civil que surge em Cuba’, afirma a RSF. ‘Esta censura reflete a recusa do governo em aceitar as atuais mudanças na ilha, que estão saindo do seu controle’. A prisão de Hernández eleva o número de jornalistas encarcerados em Cuba para 26.

 

Agentes chineses impedem filmagem de ensaio militar

Agentes de segurança chineses invadiram um quarto de hotel em Pequim, na noite de sexta-feira [18/9], onde um repórter e um cinegrafista do jornal japonês Notícias de Kyodo filmavam um ensaio para a parada militar de 1º de outubro, que festeja a fundação da República Popular da China. Os agentes impediram que os dois, na companhia de um assistente chinês, continuassem a registrar o evento. Dois computadores foram danificados na ação, e os três homens foram interrogados por duas horas, informou o jornal. Informações da Bloomberg [19/9/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem