Quarta-feira, 23 de Maio de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº988
Menu

JORNAL DE DEBATES > FUSÕES E AQUISIÇÕES

Cablevision e Tribune chegam a acordo pelo Newsday

14/05/2008 na edição 485

A Cablevision Systems Corp. fez uma oferta de US$ 650 milhões, esta semana, pela compra do jornal Newsday, do grupo Tribune, noticiam Yinka Adegoke e Robert MacMillan [Reuters, 12/5/08]. Caso a venda seja concretizada, a Cablevision ficará com 97% das ações do Newsday Media Group e a Tribune permanecerá com 3%. A empresa de TV a cabo que atende a área de Nova York tem uma emissora local em Long Island e poderá aproveitar a aquisição para realizar vendas casadas de publicidade.


No sábado (10/5), a News Corp. retirou sua oferta de US$ 580 milhões pelo Newsday, porque não achou vantajoso economicamente oferecer um valor maior do que o da Cablevision. Mortimer Zuckerman, proprietário do New York Daily, também havia proposto um acordo de US$ 580 milhões. O grupo Tribune, sob o controle de Samuel Zell, magnata do ramo imobiliário, registrou prejuízo de US$ 78,8 milhões no último trimestre de 2007.


Na negociação, o diário foi avaliado em US$ 632 milhões – com o Tribune ficando com US$ 18 milhões para encerrar alguns contratos de aluguel pré-pagos de imóveis utilizados pelo jornal. O Newsday é uma das publicações mais lucrativas do Tribune. Além do jornal, que atinge a 1,5 milhão de leitores em Long Island, o Newsday Media inclui o diário gratuito amNew York; um portfólio de revistas e a editora Star Community Publishing Group.


Acionistas insatisfeitos


Acionistas da Cablevision, administrada pela família Dolan, não ficaram muito satisfeitos com a notícia. Eles prefeririam que o dinheiro fosse usado para comprar de volta ações ou ainda para pagar um dividendo aos acionistas. ‘Não acho que seja uma extensão lógica para o patrimônio da empresa’, opina David Joyce, analista da firma de consultoria Miller Tabak. Após o anúncio, as ações da Cablevision caíram 2,3% na Bolsa de Valores de Nova York.


Recentemente, a Cablevision anunciou que iria comprar o Sundance Channel, de propriedade de Robert Redford, por US$ 496 milhões. A empresa de TV a cabo tem mais de três milhões de assinantes na área de Nova York. Ela é proprietária de emissoras de TV como AMC e IFC, além de times esportivos, como o New York Knicks, de basquete, e o New York Rangers, de hóquei, e de dois grandes centros de espetáculos, o Madison Square Garden e o Radio City Music Hall. A transação ainda terá que ser aprovada por órgãos regulatórios.


 

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem