Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

JORNAL DE DEBATES > NOTÍCIA VESTIDA

Camisetas com manchetes fazem sucesso na CNN

10/06/2008 na edição 489

A criativa idéia da CNN de criar uma loja de camisetas se transformou em um verdadeiro desafio para os editores da emissora de notícias americana: definir se uma manchete é brilhante o suficiente para ser estampada em uma camiseta. A loja online foi aberta em abril. Funciona assim: os editores selecionam manchetes que se destacam, seja pelo inusitado da notícia, seja por sua importância, e os internautas podem comprar a camiseta no sítio da emissora.

Na semana passada, depois do discurso de vitória de Barack Obama após alcançar o número de delegados suficiente para virar candidato do partido democrata à presidência, a frase ‘Obama Makes History’ (Obama faz História) se tornou a mais vendida entre as camisetas oferecidas pelo sítio. ‘Foi um momento que as pessoas quiseram celebrar’, diz Andy Mitchell, vice-presidente de marketing interativo, tentando explicar a preferência dos compradores. ‘Talvez as camisetas sejam um novo jeito de se guardar manchetes no século 21, da mesma maneira que as pessoas às vezes guardam as primeiras páginas dos jornais’, vai além o jornalista Brian Stelter, em artigo no New York Times [9/6/08].

Piada

Ele admite, entretanto, que a explicação talvez tenda mais para o lado do inusitado do que para o da relevância da frase. Isso fica comprovado pela segunda camiseta mais vendida na semana passada, com a frase ‘Anderson Cooper, you’re not my boo’’. Explica-se: no mesmo dia do discurso de Obama, a comentarista Donna Brazile afirmou que havia conversado com o candidato. O apresentador Anderson Cooper queria detalhes do encontro, Donna desconversou, e ele pressionou – amigavelmente – para que ela contasse algo. Vendo-se em uma saia justa, Donna apenas sorriu e respondeu, ‘Anderson, you’re not my boo’ (Anderson, você não é meu boo). O apresentador não perdeu a linha e, para risada dos outros comentaristas, afirmou: ‘Eu quero ser o seu boo, seja lá o que for isso’. O termo se refere a namorado, ou pessoa íntima.

A página de camisetas da CNN já computou mais de um milhão de page views, o que sugere que há bastante curiosidade dos internautas. Mas como olhar é uma coisa, e comprar é outra, as vendas ainda deixam a desejar. Segundo um porta-voz da emissora, cerca de mil camisetas já foram vendidas. ‘De repente as pessoas estão apenas esperando pela manchete ideal’, brinca Stelter. A terceira camiseta de maior sucesso é ‘1 em cada 3 funcionários trabalham de ressaca’.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem