Quinta-feira, 15 de Novembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1013
Menu

JORNAL DE DEBATES >

Canal ameaçado por exibir filmes pornôs

10/07/2008 na edição 493

Agentes antiterrorismo em Paris investigam ameaças contra o canal de TV a cabo francês Canal-Plus por conta de filmes pornográficos exibidos para a África do Norte, noticia Ingrid Rousseau [AP, 8/7/08]. Soa estranho, mas tudo começou após a emissora ter recebido cartas de supostos muçulmanos que ameaçavam explodir o escritório da TV, caso continuasse a exibir filmes pornôs uma vez ao mês. Por conta disso, o Canal-Plus abriu, no mês passado, uma queixa formal sobre as ameaças – o que levou à investigação antiterrorista.


A programação do Canal-Plus pode ser vista via satélite na África do Norte, de maioria muçulmana e onde a língua francesa é amplamente falada. Os padrões sociais, no entanto, são mais conservadores que na França. O canal começou a exibir filmes pornôs no primeiro sábado de cada mês, na década de 80, como uma alternativa aos canais tradicionais franceses. No passado, reguladores e críticos chegaram a expressar preocupações sobre os filmes, alegando que este tipo de conteúdo denegria as mulheres e encorajava o sexo não-seguro.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem