Domingo, 19 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº966

JORNAL DE DEBATES > DANÇA DAS CADEIRAS

Casa Branca anuncia novo secretário de Imprensa

26/04/2006 na edição 378

Foi nomeado nesta quarta-feira (26/4) o novo secretário de Imprensa da Casa Branca, que assume o posto ocupado por Scott McClellan nos últimos três anos. Especulava-se sobre a indicação do jornalista Tony Snow, hoje no Fox News Channel, desde a semana passada, quando foi anunciada a saída de McClellan.

Ainda assim, a escolha por Snow causa certa surpresa. Apesar de seu perfil conservador, o jornalista vem criticando o governo de George W. Bush nos últimos meses. Em algumas colunas recentes, ele argumentou que esta Casa Branca perdeu sua verve e direção no segundo mandato.

Ao anunciá-lo, o presidente ressaltou que Snow "não tem medo de expressar suas próprias opiniões" e "tem, por vezes, discordado de mim". Bush deixou claro, entretanto, que ele não é mais um agente independente. "Meu trabalho é tomar decisões", afirmou. "E o trabalho dele é ajudar a explicar estas decisões à imprensa e ao povo americano". A contratação do jornalista seria também uma boa maneira de "quebrar a bolha que as pessoas acham que existe aqui", completa um funcionário da Casa Branca, que prefere permanecer no anonimato.

O tom provocativo de Snow parece ser conseqüência de um meio midiático extremamente competitivo. Falando rapidamente aos correspondentes da Casa Branca presentes ao anúncio, o tom do novo secretário era outro. "Não aceitei este emprego apenas porque acredito no presidente, mas porque, acreditem ou não, quero trabalhar com vocês".

Experiência

Bush elogiou a experiência de Snow em diferentes tipos de mídia. O funcionário afirma que um dos motivos para o presidente ter optado pelo jornalista é seu conhecimento do funcionamento de jornais, rádio, televisão e governo. Snow já trabalhou nas quatro áreas.

Ele apresenta o programa The Tony Snow Show no rádio e o Weekend Live with Tony Snow no Fox News; antes, foi colunista no USA Today e editor da página editorial do conservador Washington Times. Snow trabalhou também como redator de discursos no governo de Bush-pai.

Segundo este mesmo funcionário, a Casa Branca espera que o novo secretário use suas habilidades televisivas para aproveitar melhor os informes diários do governo, muitas vezes televisionados pelos canais de notícias a cabo. Os informes, se bem aproveitados, funcionam como uma boa oportunidade diária para que o governo exponha seus planos e idéias sem ser filtrado – ou ter seu conteúdo editado – pelas emissoras de TV e outros veículos de comunicação.

Snow, que no ano passado sofreu uma cirurgia para a remoção de um tumor, teria buscado a aprovação de seus médicos antes de aceitar o cargo. O jornalista também teria dito que queria negociar seu acesso ao presidente. Apesar de funcionários da Casa Branca afirmarem que McClellan tinha todo o acesso que queria, republicanos e democratas concordam nas especulações de que as coisas não eram bem assim. Informações de Jim Rutenberg [The New York Times, 26/4/06].

LEIA TAMBÉM

Secretário de Imprensa deixa Casa Branca – Monitor da Imprensa

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem