Segunda-feira, 27 de Maio de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1038
Menu

JORNAL DE DEBATES >

Credibilidade de jornalistas é maior no Brasil

Por Mariana Barbosa em 27/06/2011 na edição 648

A credibilidade de jornalistas e publicitários é maior no Brasil do que no exterior, aponta estudo realizado por instituto de pesquisa alemão em 19 países (ver aqui o resumo, em inglês). Os jornalistas detêm a confiança de 79% dos entrevistados e ocupam a 7ª posição em um ranking de 20 profissões e organizações. Os publicitários vêm em seguida, com 72%. Na média geral dos países, os jornalistas aparecem na 13ª colocação (44% das menções), e os publicitários, em penúltimo lugar (com 29%), de acordo com o ranking da empresa de pesquisa GfK, a 4ª maior do mundo no setor.

Os profissionais de marketing também contam com mais credibilidade no Brasil do que em outros países. Ocupam a 11ª posição na lista, com um índice de credibilidade de 70%. Na média mundial, os profissionais do marketing estão em 15º lugar, com 32%.

14 países

Os bombeiros seguem liderando os rankings mundial e brasileiro, com índice de 97% de credibilidade no Brasil e de 94% na média geral dos países. Em seguida vêm os carteiros e professores (com 91% da confiança), depois os médicos e os profissionais do Exército. Na 5ª posição, estão as organizações de proteção ao ambiente (82%). Em último lugar, no Brasil e no exterior, estão os políticos, com índice de credibilidade de 19% e 17%, respectivamente. Antes deles, no Brasil, estão os executivos de banco, com índice de confiança de 48%, sindicatos (58%) e policiais (59%).

O estudo mediu o nível de confiança da população em profissões e organizações em 14 países da Europa, além de Colômbia, EUA, Índia e Turquia. Foram ouvidas 19.261 pessoas de mais de 15 anos, das quais mil no Brasil.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem