Sábado, 25 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

JORNAL DE DEBATES > JULGAMENTO DE LIBBY

E a história se complica cada vez mais

15/02/2007 na edição 420

A novela Valerie Plame parece não ter fim. A cada depoimento no julgamento de Lewis Libby, ex-chefe de gabinete do vice-presidente americano, o quebra-cabeça se complica. O caso visa descobrir se Libby – ou que outro funcionário do governo – vazou à imprensa a identidade secreta da agente da CIA Valerie Plame. Basicamente, a promotoria tenta encaixar de onde a informação confidencial veio e até onde ela chegou.


Segunda-feira (12/2) foi dia do depoimento de três jornalistas de peso no julgamento. Os advogados de defesa tentaram, durante a audiência, comprovar que Libby não foi o responsável pela exposição pública de Valerie, casada com um ex-embaixador crítico ao governo Bush.


Outras fontes


O jornalista Bob Woodward, do Washington Post, que nunca escreveu sobre a agente, e o colunista sindicalizado Robert Novak, primeiro a identificá-la na imprensa, testemunharam que o então subsecretário de Estado Richard Armitage foi a primeira pessoa a informá-los que a esposa do diplomata Joseph Wilson trabalhava para a CIA. Walter Pincus, outro jornalista do Post, contou que Ari Fleisher, então secretário de imprensa da Casa Branca, puxou o assunto com ele durante uma entrevista.


O testemunho de Pincus contradiz o depoimento de Fleisher, na semana passada, segundo o qual Libby teria contado a ele sobre Valerie Plame. O ex-secretário de imprensa teria afirmado também que não se lembrava de ter contado a Pincus sobre a agente.


Foi mostrada na audiência uma fita de uma entrevista de Woodward com Armitage em junho de 2003 sobre como Bush decidiu ir à guerra no Iraque. A entrevista tinha como objetivo colher informações para um dos livros do jornalista sobre o governo americano, e o nome de Armitage não seria ligado às declarações. Armitage teria revelado a informação sobre Valerie Plame, segundo ele, sem perceber que estava liberando dados confidenciais.


E a novela continua. Informações de Michael J. Sniffen [AP, 12/2/07].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem