Domingo, 22 de Julho de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº996
Menu

JORNAL DE DEBATES > NEW YORK TIMES

Fachada em Manhattan modificada após escaladas

15/07/2008 na edição 494

Depois que, em pouco mais de um mês, três homens escalaram seu edifício, o jornalão New York Times decidiu modificar a fachada do prédio de 52 andares no centro de Manhattan. Na semana passada, horas depois que o terceiro homem – um ativista estudioso da al-Qaeda – subiu até o 11º andar e colou papéis vermelhos nas janelas por onde passou, começaram a ser removidas ripas horizontais que facilitavam a subida dos aventureiros.


O prédio, projetado pelo arquiteto italiano Renzo Piano, foi inaugurado no ano passado. A decisão de retirar as ripas revela que o Times cansou de virar notícia por causa das escaladas. No início de junho, quando dois homens subiram o edifício no mesmo dia, com diferença de algumas horas, o jornal declarou que não modificaria a fachada. O diário já havia aumentado a segurança depois das duas primeiras escaladas, mas, claramente, outras alternativas eram necessárias.


Homem aranha


O ativista David Malone, de 29 anos, foi preso após estender uma faixa branca com pedaços de papel vermelhos no prédio. Ele começou a escalar a fachada de madrugada, e chegou a ligar para o jornal Daily News para contar sua façanha. Os outros dois homens a subir o edifício do Times foram o francês Alain Robert e o americano Renaldo Clarke. Robert, conhecido como ‘homem aranha’, ficou famoso por rodar o mundo escalando – sem permissão – arranha-céus e monumentos históricos. Clarke disse que escalou o prédio do jornal para chamar a atenção para o problema da malária. Informações de Sewell Chan [The New York Times, 10/7/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem