Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

JORNAL DE DEBATES > CHINA

Google Earth capta foto de submarino e irrita governo

28/07/2007 na edição 443

Uma fotografia que supostamente confirma a existência de um novo tipo de míssil balístico submarino chinês está agitando a comunidade científica – e também o ciberespaço. No dia 5/7, o pesquisador Hans Kristensen divulgou em seu blog, no sítio da Federação Americana de Cientistas, a imagem do que acredita ser um submarino da classe Jin. A foto foi obtida através do Google Earth – serviço do Google que disponibiliza imagens de todo o planeta tiradas por satélites comerciais – e está acompanhada das coordenadas de outras seis bases submarinas chinesas.


Embora os submarinos tenham sido deixados à vista pelo próprio Exército de Libertação do Povo da China – maior força militar do mundo –, as imagens não agradaram em nada ao governo chinês. A notícia foi manchete do jornal Global Military Affairs Weekend.


Pedras no caminho


Para o Google, entretanto, as fotos não são muito favoráveis. Se o gigante de buscas americano ainda não conseguiu se instalar pacificamente no próspero mercado chinês, esta situação provavelmente não ajudará.


A companhia tem um rival local de peso no país, o Baidu, e no início do ano admitiu que usou ‘inadvertidamente’ parte dos dados do portal chinês Sohu para criar um sistema de busca em língua chinesa. A empresa também é criticada por ceder às pressões do governo. Além disso, ocasionalmente a página do Google é bloqueada, assim como sua ferramenta de blogs. O acesso ao Google Notícias também é limitado. Informações de Steven Schwankert [IDG, 23/7/07].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem