Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

JORNAL DE DEBATES > NAKED NEWS

Governo japonês cancela verba da versão para deficientes

21/08/2007 na edição 447

O governo japonês cortou o subsídio ao programa Naked Sign Language News, mas a Paradise Television, emissora com sede em Tóquio que o exibe, afirmou que continuará a produzir o noticiário em linguagem de sinais para deficientes auditivos, noticia a Reuters [17/8/07]. O programa, com duração de cinco minutos, exibido semanalmente na TV por satélite, mostra uma apresentadora tirando suas roupas à medida que apresenta as notícias em linguagem de sinais.

Após receber críticas, o governo optou por mudar as normas para financiamento de programas destinados ao público deficiente, deixando de fora aqueles que exibem pornografia. ‘Claro que vamos continuar a fazer o programa’, afirma Shinichiro Fukuyama, porta-voz da emissora. ‘Não o estamos produzindo pelo subsídio, mas para os nossos telespectadores’.

A maior parte das pessoas que entrou em contato com a TV disse aprovar o inusitado telejornal, alegando que deficientes auditivos têm o direito de usufruir dos mesmos programas que as outras pessoas. Lançado em 1999, no Canadá, o telejornal Naked News – em sua versão com áudio – conta com assinantes em mais de 150 países.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem