Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1006
Menu

JORNAL DE DEBATES > IRÃ

Governo proíbe atores e atletas em comerciais

09/07/2008 na edição 493

O governo do Irã proibiu a participação de astros do cinema e do esporte em anúncios publicitários sob a justificativa de que celebridades não devem promover o consumismo. O anúncio da proibição foi feito pelo chefe do departamento de informação do Ministério da Cultura e Orientação Islâmica, Ali Reza Karimi. ‘Modelos da cultura e do esporte deveriam estar promovendo o cavalheirismo, e não o consumismo’, afirmou.


Nos últimos anos, dezenas de atores e atletas vêm aparecendo em outdoors e anunciando produtos na TV. Um dos modelos mais requisitados é Hossein Rezazadeh, chamado de ‘Hércules iraniano’. Campeão mundial de levantamento de peso, ele pode ser visto em um canal por satélite anunciando investimentos imobiliários em Dubai e em cartazes espalhados por Teerã, promovendo produtos que vão de bancos a água mineral.


Apesar da proibição nos primeiros anos da Revolução Islâmica, que teve início em 1979, anúncios no estilo ocidental e comerciais televisivos ressurgiram no país no começo da década de 90. Mulheres também aparecem em campanhas publicitárias, na maioria das vezes anunciando produtos ligados à casa, como comida ou utensílios domésticos. Atrizes também já foram banidas da publicidade. Informações da AFP [8/7/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem