Sábado, 25 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

JORNAL DE DEBATES > BALANÇO

Governo chinês baniu 79 jornais em 2005

23/01/2006 na edição 365

Autoridades chinesas baniram 79 jornais e confiscaram 169 milhões de publicações consideradas ilegais em 2005. Dezessete linhas de produção de CDs piratas também foram fechadas e 50 tipos de software de jogos para computador, proibidos, reporta a AP [18/1/06] a partir de informações divulgadas pela agência Xinhua na semana passada.

As publicações fechadas não tiveram seus nomes citados, mas a agência afirmou que estão incluídos títulos de pornografia e produtos de pirataria. Ainda assim, estes são amplamente acessíveis no país, e quem mais sofre nas mãos do governo são os jornais e sítios de internet que ousam discutir questões políticas e sociais sensíveis às autoridades. os dm mais sofre nas mas e pornografia sejam facilmente acetador, proibidos, reporta a AP [18/1/06] a partir de informaç�

‘[O governo] deve reprimir as publicações ilegais e purificar o mercado cultural’, defende Liu Yunshan, chefe do departamento de propaganda do Partido Comunista chinês. ‘Através deste trabalho, nós estabelecemos uma boa imagem para o governo chinês na proteção dos direitos de propriedade intelectual’, completa.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem