Terça-feira, 18 de Dezembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1017
Menu

JORNAL DE DEBATES >

Homem é preso ao tentar vender fotos de príncipe

04/09/2008 na edição 501

O obsessão pela família real britânica gera situações esdrúxulas. Um homem foi preso, no início desta semana, ao tentar vender fotos das férias do príncipe William com sua namorada, Kate Middleton, em uma ilha do Caribe. O tablóide Sun alertou a polícia de que dois homens haviam oferecido as fotos do casal na ilha de Mustique. Eles se identificaram como George e John, e pediam 50 mil libras pelas imagens, que disseram ter encontrado em um cartão de memória em uma rua de Londres.


A polícia confirmou a prisão de um dos homens por suspeita de roubo da câmera, que seria da irmã mais nova de Kate, Pippa. As fotografias mostram o príncipe, o segundo na linha de sucessão ao trono, beijando e abraçando Kate, de biquíni, em uma piscina. Em outras imagens, Kate faz exercícios de yoga na praia e William posa com um chapéu feminino.


A namorada do príncipe virou, nos últimos anos, alvo da perseguição dos paparazzi. Rumores de que os jovens poderiam ficar noivos em breve levaram os tablóides a publicar fotos de Kate incessantemente. O assédio foi tanto que seus advogados chegaram a apresentar uma queixa formal à Press Complaints Commission, órgão que fiscaliza a imprensa no Reino Unido. Com informações da AFP [1/9/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem