Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

JORNAL DE DEBATES > NEW YORK TIMES

Jornalão não escapa de crise jornalística

30/11/2007 na edição 461

Em meio à crise que atinge a indústria jornalística mundial, o New York Times optou por interromper temporariamente novas contratações e eliminar um pequeno número de cargos operacionais em sua redação, a fim de diminuir algumas despesas, informou o editor-executivo Bill Keller em um memorando enviado esta semana aos funcionários do diário.


‘Na medida em que nos aproximamos de 2008, está claro que a redação terá que fazer cada vez mais esforços para controlar os gastos, para ajudar o publisher e o grupo New York Times Company a superar os desafios econômicos da indústria jornalística’, afirmou Keller. ‘A redução na equipe não afetará jornalistas e não teremos demissões voluntárias, como aconteceu no passado’.


O diário também anunciou que irá replanejar, em 2008, suas prioridades de cobertura e o modo como usa seu espaço e sua equipe. As redações dos jornais impresso e online já foram unificadas em um novo prédio, o New York Times Building, inaugurado recentemente.


Os cortes não irão afetar outros jornais do grupo. As ações da New York Times Company caíram 30% no último ano, devido, em grande parte, à queda na venda de anúncios publicitários. Informações de Robert MacMillan [Reuters, 28/11/07].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem