Quarta-feira, 28 de Junho de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº947

JORNAL DE DEBATES > PRÊMIO ORTEGA Y GASSET

Jornalista cubano homenageado na Espanha

Por Leticia Nunes (edição), com Larriza Thurler em 01/05/2007 na edição 431

O jornalista e escritor cubano Raul Rivero ganhou o prestigiado prêmio espanhol Ortega y Gasset, anunciado na semana passada, por seu trabalho jornalístico em Cuba. Rivero, de 62 anos, passou dois anos preso sob acusação de tentar derrubar o governo do presidente Fidel Castro. Ele vive em Madri desde 2005, quando foi libertado.

A premiação, em sua 24ª edição, é realizada pelo El Pais, jornal mais vendido na Espanha. O júri foi unânime em reconhecer Rivero por sua ‘fiel e obstinada batalha pela liberdade jornalística’ em Cuba. O jornalista, que também é poeta, foi homenageado por uma carreira ‘muito original e de extraordinário valor literário’.

Primavera Negra

Rivero foi preso em março de 2003, na ofensiva do governo contra intelectuais e jornalistas que ficou conhecida como ‘Primavera Negra’. Na ocasião, 75 dissidentes políticos foram detidos com penas de até 28 anos de cadeia, acusados de conspiração contra o regime cubano.

O prêmio espanhol leva o nome do filósofo José Ortega y Gasset (1883-1955). Cada categoria recebe US$ 20 mil e uma escultura do artista espanhol Eduardo Chillida. A cerimônia de premiação está marcada para 9/5, em Madri.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem