Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1050
Menu

JORNAL DE DEBATES >

Jornalistas ganham espaço para desabafo

03/04/2008 na edição 479

Jornalistas insatisfeitos com o trabalho têm agora espaço próprio para compartilhar frustrações com o resto do mundo. Trata-se do sítio Angry Journalist, fórum online destinado a ser lugar de desabafo dos profissionais de imprensa sobre aborrecimentos e frustrações no trabalho. Para participar, há um único requisito: o anonimato.


Por ironia, a maior parte da fúria dos jornalistas é gerada pela internet, que forçou jornais impressos e redes de TV a se reinventarem, com conseqüências não muito agradáveis a suas equipes. Veteranos da mídia impressa, por exemplo, reclamam que seus editores lhes pedem para produzir matérias também para a rede. ‘Estou aborrecido porque minha empresa, assim como o resto da indústria jornalística, quer que eu trabalhe mais por menos. Eles dizem: para o inferno com a qualidade. Vamos encher o sítio com o máximo possível’, reclama o Angry Journalist #241. O inverso também ocorre, com jovens frustrados com a resistência dos mais velhos. ‘Eu odeio o fato de que o impresso e o online não podem trabalhar juntos! Vamos lá, o online é o futuro, então, por favor, mais respeito aos editores de web!’, diz o Angry Journalist #700.


Feliz


O sítio foi criado por Kiyoshi Martinez, ex-jornalista que deixou a profissão para trabalhar com comunicação política em Illinois, nos EUA. Ele, no entanto, insiste em dizer que a mudança de carreira não foi motivada pela raiva. Com apenas 23 anos, Martinez trabalhou como webeditor de jornais em Chicago, mas ficou ‘desapontado’ com os rumos da indústria jornalística. No começo de fevereiro, lançou o sítio após ler uma pesquisa sobre o alto nível de estresse sofrido por jornalistas – o que lhe despertou o interesse em saber o que se passava na cabeça destes profissionais.


Em contrapartida, um rival criou o sítio Happy Journalist, que ainda não teve tanta repercussão – comparado a mais de 3.300 comentários furiosos, a página recebeu pouco menos de cem mensagens de satisfação. Uma delas bem que poderia ser de Martinez, que hoje se diz feliz ao trabalhar em um ambiente mais saudável e ganhando mais dinheiro. Informações de Laurent Thomet [AP, 1/4/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem